1 milhão

 

Hoje já é difícil dissociar o nome da Hyundai de Piracicaba. Foi uma união que tem dado certo

Todo mundo sabe que brasileiro é apaixonado por futebol. Mas tem uma segunda paixão: veículos. Essa pode ser uma das explicações para a boa notícia divulgada ontem no setor automobilístico. A Hyundai Motor do Brasil anunciou que pretende fechar o ano com produção recorde de 190 mil veículos fabricados neste ano. Este número é 5,2% maior do que o fabricado ano passado, R$ 180 mil veículos.

É o que mostra reportagem de Rodrigo Guadagnim, publicada na edição de hoje do Jornal de Piracicaba. Ontem, foi lançada a versão comemorativa à histórica marca de um milhão de veículos produzidos pela HMB na cidade, atingida no último 2 de agosto. Essa marca foi batida com cinco anos e 10 meses, sete anos antes do que a segunda colocada, que atingiu o feito 12 anos após de funcionamento no Brasil.

Essa notícia é de extrema importância para Piracicaba. Isso porque a empresa coreana é a única montadora da cidade e no entorno dela orbitam várias empresas satélites, que fornecem peças usados na produção. E quanto mais carros são fabricados na cidade, mais impostos arrecadará ao município.

A Hyundai entrou em operação em Piracicaba com produção de 150 mil veículos ano, em 2012. No ano seguinte, em 2013, aumentou para 180 mil veículos/ano e implantou o terceiro turno. E essa produção se repetiu de 2014 a 2017.

Quando a montadora se instalou na cidade houve um alvoroço. Não apenas do ponto de vista político, mas por causa da geração de empregos, da chegada de uma empresa de alta tecnologia, da arrecadação e geração de empregos. Ao contrário de outra cidade da região, em que uma montadora deixou de montar veículos para fabricar apenas peças, a Hyundai mantém o compromisso com a cidade. Hoje já é difícil dissociar o nome da Hyundai de Piracicaba. Foi uma união que tem dado certo.

(Claudete Campos)