PM Ambiental apreende Galo de Campina em residência

ave Ave silvestre apreendida não tinha anilha do Ibama. (Divulgação)

Uma denúncia sobre um cachorro mantido em uma residência, no bairro Pauliceia, levou os policiais militares ambientais até a localização de uma ave silvestre, da espécie Galo de Campina, que estava sem anilha de identificação do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). O responsável pelo pássaro recebeu um auto de advertência e a ave ficou depositada no Zoológico Municipal de Piracicaba.

De acordo com os policiais, no início da tarde de anteontem, eles atenderam uma denúncia realizada pela internet, de que um cão era maltratado. No entanto, quando os policiais chegaram ao endereço informado foram avisados pelo morador, que reside sozinho no imóvel, que o animal estava bem cuidado, sob abrigo e com alimentação suficiente.
Contudo, no interior da casa, encontraram a ave. O morador acabou confessando que não ter autorização do órgão competente para ser criador. A ave foi apreendida e o homem liberado após o registro da ocorrência.

PESCA—Durante outra abordagem distinta realizada pela PM Ambiental na tarde de anteontem, um homem foi flagrado pescando próximo a corredeira de efluentes no Rio Piracicaba. Ele também recebeu advertência e o material de pesca foi apreendido pela polícia.

 

(Crisitani Azanha)