Sombra e água fresca

turismo

 

 

Sol, piscina e água fresca. E depois de pegar uma cor ou nadar até a exaustão ou se divertir em brinquedos radicais, nada como saborear uma comida de qualidade e saborosa. Essa parece ser a combinação perfeita para passar um final de semana ou se divertir nas férias. Não estamos falando de nenhuma praia ou casa de campo. Isso é o que muitas pessoas vão buscar no Hot Beach Resort, um complexo hoteleiro e de lazer integrado cravado em Olímpia, distante, de carro, 3h40 de Piracicaba.

Uma das peculiaridades de Olímpia é que a água é quentinha. Isso em decorrência das formações rochosas. E a água do parque aquático tem uma temperatura agradável. Dizem até que tem efeitos medicinais. Mas para o turista que quer desestressar   em contato com a água, o melhor é que não seja gelada e nem precise entrar aos poucos na piscina, para não ter choque térmico.

Diretor de Operações e Vendas do complexo, Manoel Carlos Cardoso disse que as pessoas buscam piscinas com água quente independentemente de ser inverno. “As pessoas não gostam, mesmo estando no calor, de entrar na água fria, em água gelada, como eles chamam. Então, a água quente é um diferencial por si só o tempo todo, o ano inteiro. E como aqui não tem inverno e até no inverno estamos aqui, hoje, com 30 graus, então é o ano inteiro a busca por água quente nas piscinas, que é uma coisa que dá mais conforto, uma sensação mais gostosa para as crianças e as famílias”, disse Cardoso, que recebeu a reportagem do Jornal de Piracicaba, no dia 23 de julho para uma press trip. Na ocasião, o empreendimento estava em operação há 21 dias. Portanto, está aberto há dois meses e meio.

E quem estiver com saudade da areia das praias, terá a sensação de estar no litoral. É que em um setor do parque, as piscinas são cercadas por areia e por coqueiros, que dão aquele toque praiano. Melhor que isso só beber um coquetel sentado dentro da piscina no bar. Ou participar de um luau com o pé na areia à luz da lua.

No vai e vem, turistas se divertiam no rio lento, no ofurô, nos toboáguas e em um brinquedo radical em que os turistas, em uma boia, escorregavam, com direito a susto e gargalhada. E, claro, as crianças se divertiam nas piscinas com a equipe de recreação incorporando personagens infantis.

HOTEL
Outro diferencial é que o resort, com 484 apartamentos e restaurante, está integrado ao parque aquático. Então, o hóspede recebe uma pulseirinha e pode usufruir das piscinas e dos barzinhos e quiosques. A tecnologia também está presente. Dentro do parque, todo o consumo de produtos é registrado em uma pulseira com sistema de smartphone, que registra o consumo. Depois é só quitar no check-out.

É um empreendimento com conjunto de piscinas, restaurantes, bares, áreas de recreação infantil, academia, sala de jogos, sala de recreação para crianças e área de descanso. O elevador panorâmico dá uma dimensão do tamanho do prédio. Saindo do hotel o hóspede também tem acesso à piscina privativa. O empreendimento recebe famílias do Brasil inteiro, principalmente de São Paulo, segundo o diretor.

“Nosso grande diferencial é a água quente e o acesso livre ao parque aquático, que está anexo ao empreendimento. É uma proposta de parque aquático com hotelaria”, ressaltou Cardoso.

A principal proposta deste empreendimento, com mais de dois meses de funcionamento, é atender as famílias com crianças pequenas, que buscam praticidade e destinos com segurança para deixar as crianças brincando nas piscinas. No parque, circulam diariamente de 3.000 e 5.000 pessoas.

GASTRONOMIA
Depois de brincar nas piscinas, bate aquela fome. Além dos produtos vendidos no parque, como lanches, sorvetes, refrigerantes, bebidas, entre outros, o hotel tem um restaurante para atender os hóspedes. O café da manhã e as refeições do almoço e jantar são bem diversificados. A comida agrada desde quem segue uma dieta saudável até quem não resiste ao pecado da gula e prova um pouco de cada coisa. E a variedade é muito grande. Segundo Cardoso, todos os alimentos são produzidos na central de produção de alimentos. Daí serem tão frescos.

E depois de tanta diversão, o hóspede pode descansar em quartos amplos e confortáveis, com duas camas de casal. Ou assistir a filmes na televisão da suíte, com direito à sacada com vista para o parque. A decoração é moderna. O lavabo com closet é espaçoso. E nada como uma ducha para relaxar e ficar pronto para mais um dia de diversão!

A CIDADE
“Olímpia é hoje um destino que está despontando por já ter parque aquático de 30 anos muito completo, que é o Thermas dos Laranjais, e com hotelaria diversificada dentro da cidade. O grupo Ferrasa, proprietário do novo parque aquático o Hot Beach, viu uma oportunidade de fazer um complemento do destino: oferecer hotelaria integrada ao parque aquático, uma coisa só. “Somos hoje, em Olímpia, a única proposta de parque aquático com hotelaria”, afirmou Cardoso.
O grupo Ferrasa já tem hoje, em Olímpia, três hotéis em operação. Um deles é o Thermas Park Resort Spa, que é um resort boutique com 48 apartamentos. Outro é o Celebration Resort Olímpia, com 264 apartamentos que atende famílias com crianças e o segmento corporativo. E o terceiro é o recém inaugurado Hot Beach Resort, integrado ao parque aquático Hot Beach.

NOTA DA REDAÇÃO: A jornalista Claudete Campos viajou a convite do Hot Beach Resort

SERVIÇO – Endereço: Rua Edson Jesus de Abreu, 606 Jardim Alfredo Zucca – Olímpia/ SP – Central de vendas Hot Beach: (17) 3279-1009

(Claudete Campos)