17 empreendimentos serão desengavetados este ano

Após um período de estagnação na construção civil, Piracicaba vive um momento de retomada dos empreendimentos imobiliários. Levantamento recente feito Secovi (Sindicato Patronal da Habitação) aponta que neste ano devem ser feitos 17 lançamentos de imóveis para todas as classes sociais – os projetos imobiliários já estavam em andamento e serão desengavetados. 
 
Esse levantamento foi feito junto a loteadores, construtoras e incorporadoras, informou o diretor estadual do Secovi, Angelo Frias Neto, que é diretor-presidente da Frias Neto. Segundo o empresário, os projetos estão bem encaminhados para sair neste ano.
 
Estão previstos nove lançamentos de apartamentos para famílias de baixa renda pelo programa federal Minha Casa Minha Vida, para a classe média e de alto padrão. Ainda devem ser desengavetados dois condomínios e loteamentos fechadas de alto padrão; dois loteamentos populares e para classe média e quatro empreendimentos para residências: três pelo programa federal e um de alto padrão. Segundo Frias, os lançamentos são bem diversificados. De fato, o mercado começou a se aquecer. Tanto que a CZ Construtora vendeu 60% do lançamento Residencial Bella Itália em três meses após a incorporação do edifício, na Avenida São João, no bairro São Dimas. Segundo o diretor da empresa, Reginaldo Zambetta, o resultado das vendas não se deu por causa do aquecimento do mercado, mas porque esse era um produto em falta no município. “O residencial conta com apartamentos de 92 metros quadrados, com três dormitórios. A grande maioria dos lançamentos é de apartamentos com até 70 metros quadrados ou muito grandes, com 140 metros quadrados”, afirmou Zambetta. O diretor disse que a expectativa é que haja mais procura de imóveis em todos os segmentos, especialmente pelas classes média e média alta. 
 
Para o diretor da Paulo Imobiliária, Paulo Roberto Martin, o mercado imobiliário vai reagir de forma gradativa. “Este ano já estamos obtendo melhores resultados”, afirmou Martin.