Em Itaquera, Timão e Fla buscam passagem para final

futebol O técnico Jair Ventura faz mistério quanto à escalação do Corinthians para o clássico.( Rodrigo Gazzanel/Corinthians)
Corinthians e Flamengo jogam nesta quarta-feira (26), às 21h45, em Itaquera, pelo duelo de volta das semifinais da Copa do Brasil. Na ida, no Maracanã, houve empate sem gols. Após a reapresentação, os atletas alvinegros que atuaram contra o Internacional, no último fim de semana, deram prioridade à recuperação física e muscular na academia e na fisioterapia.
Em campo, o técnico Jair Ventura comandou o trabalho técnico. Primeiramente, o grupo foi dividido para atividades com bola em espaço diminuído para depois aprimorar finalizações.
O atacante Jonathas, que se recupera de uma fibrose na coxa direita, e o volante Paulo Roberto, que trata uma inflamação na coxa direita, realizaram trabalhos específicos sob supervisão de fisioterapeutas.
No lado rubro-negro, o elenco realizou na manhã desta terça-feira (25) o último treinamento antes da viagem para enfrentar o Corinthians em São Paulo. Antes do trabalho, o técnico Maurício Barbieri concedeu entrevista coletiva no Ninho do Urubu e falou sobre a preparação, além de projetar a partida.
“O tempo é curto e temos que pensar mais na recuperação dos jogadores do que trabalhar ou treinar. Precisamos fazer escolhas importantes e vou fazer isso analisando as características do adversário. Não posso adiantar essa parte, pois do outro lado tem um treinador competente que está curioso. Vamos escolher de acordo com o que o Corinthians vai apresentar e com o que temos de melhor”, afirmou Barbieri.
Lembrando do primeiro jogo no Maracanã, o treinador falou sobre as características da equipe adversária e o retorno de Diego após suspensão. “Não posso ter a certeza de que eles vão com três volantes, pois terão a torcida empurrando ou postura diferente do primeiro confronto. A tendência é eles mudarem isso, pois a própria torcida vai exigir que ataquem mais. Se o Corinthians escolher se manter na defesa, temos que ter calma e tranquilidade para fazermos um bom jogo. Ajuda muito o retorno do Diego, pois ele é um jogador de qualidade indiscutível e sua carreira mostra isso. Tem um peso importante para o elenco. Ele treinou ontem e hoje. Se voltar, será importante”, analisou.