3 mil kits de antena estão disponíveis

O sinal analógico de TV foi desligado na região de Piracicaba na madrugada desta quinta-feira e, agora, todos os televisores estão recebendo o sinal 100% digital. Apesar disso, na cidade, ainda há à disposição das famílias de baixa renda cerca de 3.350 kits gratuitos de TV Digital. Conforme informou a Seja Digital (EAD), responsável pela migração dos sinais de televisão, dos mais de 30 mil kits disponíveis, 26.650 já foram retirados pelos cidadãos.
 
Conforme explicou Andreia Marques, gerente regional e porta-voz da EAD, 88% da população já estava preparada para receber o sinal digital antes da conversão oficial dos sinais na cidade. “A pesquisa foi feita no final de novembro e, dentro de 60 dias teremos uma nova amostragem e, pela experiência que temos, acreditamos que 99% da população já tenha efetivado a troca dos aparelhos para recepção do novo sinal de TV”, disse.
 
O desligamento do sinal analógico de TV é resultado do trabalho em parceria realizado pela Seja Digital, Anatel e governos municipais, que, juntos, mobilizaram centenas de pessoas que apoiam e orientam a população. “Em parceria com as prefeituras destas 85 cidades da região, foram realizados agendamentos em cerca de 163 Cras (Centros de Referência Social), além de 13 unidades do Poupatempo, 35 pontos de atendimento em praças”, lembrou Andreia.
 
Para quem já está com todo o equipamento digital, porém, perdeu a sintonia de algum canal desejado, Andreia orienta para que seja feita uma nova verificação automática de canais pelo televisor ou decodificador. “Além de ter novas emissoras com sinais entrando em operação na região, as que já estavam digitalizadas potencializaram seus sinais e isso pode levar a desprogramação da sintonia. Recomendamos que, ao longo dos próximos 30 dias, o cidadão refaça a sintonia de canais regularmente para não perder nenhum canal”, afirmou.
 
Outra recomendação é sobre o descartes de televisão. “É muito importante que as pessoas não descartem as TVs antigas em qualquer local. Já notamos alguns casos e reiteramos que em nosso site, apenas digitando o CEP da cidade, ele informa onde o cidadão pode fazer o descarte correto”, completou. Os canais de atendimento também continuam à disposição da população pelo site www.sejadigital.com.br e a central telefônica 147 (ligação gratuita).