Espetáculo Circense, dança e contação de histórias no Sesc

O espetáculo e as atividades priorizam participação e expressão corporal (Crédito: Divulgação) O espetáculo e as atividades priorizam participação e expressão corporal (Crédito: Divulgação)

No mês de março o projeto Caleidoscópio do Sesc Piracicaba, que traz atividades artísticas para as crianças em diferentes linguagens e priorizam a participação e expressão corporal, contece nos dias 3, 10, 17 e 24 de março, aos domingos, às 11h.

Iniciando o projeto no domingo (3), a contação de histórias “Pequenos sambistas, menina Quelé” com Cristiano Gouveia. A história é inspirada nos sambas cantados por Clementina de Jesus. O conto fala sobre a Menina Quelé, que adorava cantar, mas sua voz foi roubada por seres chamados “Desencantados”. Para o domingo, 10/3, a Cia Trupe do Festim apresenta o espetáculo “Neurastenia”, permeado por esquetes clássicas do circo e pelo jogo do palhaço, que trata dos conflitos humanos, dos relacionamentos e da falta de diálogo de forma leve despretensiosa com uma mensagem arrebatadora.

A performance interativa para crianças de 4 a 10 anos “FLOU”, no domingo (17), propõem uma experiência coletiva na qual, as crianças sentadas ao redor de uma grande folha branca, assistem e participam da criação ao vivo de um grande desenho. Essa performance foi criada por Leltxu Ortueta que é ator, performer, designer gráfico, arte-educador e pai. Basco, reside e trabalha no Brasil desde 2003 e investiga propostas com crianças em um jogo que mistura desenho, corpo, movimento e ação criadora.

No domingo (24), a atividade de danças e brincadeiras de roda “Ciranda”, promove a ludicidade, cooperação e o despertar da criança interior. Momento de envolvimento e conexão entre pais e filhos. Com Ana Flores, educadora de esportes e atividades físicas do Sesc. E para o último domingo do mês, 31/3 Cristiano Gouveia conta uma história inspirada na vida e na obra do compositor Adoniran Barbosa. “Menino Rubinato”, o menino esperto que inventou de comer os bolinhos de queijo de um senhor assustador, e agora pede ajuda aos amigos para conseguir se livrar dessa confusão.

Além destas atividades, o Sesc tem também o Espaço Lúdico aos sábados e domingos, sempre às 14h. O espaço é planejado e destinado à valorização do brincar, promove brincadeiras, contação de histórias, jogos, pintura, entre outras atividades artísticas. Para este mês, a contação de história “Menina Francisca”, em 17/2, domingo, às 14h está entre as atividades previstas. A história é inspirada na obra musical da Maestrina Chiquinha Gonzaga. A participação é aberta ao público e crianças menores de 7 anos devem estar acompanhadas por um responsável.

PROGRAMAÇÃO

Contação de história. Pequenos sambistas, menina Quelé, dia 3, 11h, na Sala do Curumim. Grátis. Livre.

Circo. Neurastenia Cia Trupe do Festim, dia 10, domingo, 11h. Comedoria. Grátis. Livre.

Da Redação