66 mil alunos voltam hoje às aulas em Piracicaba

Mais de 66 mil alunos das redes estadual e municipal voltam às aulas nesta quinta-feira, 1º de fevereiro, para o ano letivo de 2018. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, 35.552 crianças voltam às aulas em 135 escolas, sendo 18.682 alunos no Ensino Infantil em 89 escolas – 9.458 crianças estão em período integral e 9.224 em período parcial e outras 16.870 crianças retornam às 46 escolas do Ensino Fundamental. No Estado, são 31 mil estudantes que frequentarão as aulas no Ensino Fundamental 2 e Médio.
 
Segundo o dirigente regional de ensino, Fábio Negreiros, o diferencial para este ano letivo é que a rede estadual institucionalizou o acolhimento aos alunos, que antes era feito somente nas escolas de tempo integral. “Cerca de 40% dos alunos que chegam para as aulas em nossa rede estão em escolas novas. O acolhimento vem para dar mais intimidade a este novo aluno com a sua escola, ou seja, vai interagir com os professores, diretores, coordenadores de grêmio estudantil e estes vão apresentar a escola por meio de atividades recreativas e culturais nestes dois primeiros dias de aula”, apontou.
 
Exemplo citado pelo dirigente de ensino são o das escolas Mello Ayres e Helio Nering, ensino médio parcial, e das integrais Dom Aniger e Dr. Prudente. Nestas unidades, a coordenação e os alunos do grêmio já definiram as funções de cada aluno acolhedor, bem como as atividades que acontecerão ao longo dos dois dias. “Nestas escolas os alunos terão rodas de conversa com as temáticas Enem, bullyng; haverá dinâmicas sociais, apresentações musicais com bandas da comunidade escolar, sessão de cinema, entre outras ações”, completou.
 
Na rede municipal, a secretária de Educação, Angela Jorge Corrêa, lembrou que duas novas escolas de ensino infantil entram em funcionamento na cidade este ano. Uma no Parque dos Ipês, que vai atender 127 crianças de 0 a 5 anos, onde das vagas iniciais, 96 são em tempo integral; e outra na Vila Rezende, com 119 vagas para crianças de 0 a 3 anos nos períodos parcial e integral. “Essa última vai oferecer o horário diferenciado, das 8h30 às 18h30, para 21 crianças. Outra escola que também terá horário estendido fica no Centro e atenderá 106 crianças”, disse.
 
 
CRECHE – De acordo com a assessoria da pasta municipal, a prefeitura “está atendendo plenamente” a decisão judicial referente às vagas integrais na Educação Infantil, conforme despacho do juiz Rogério de Toledo Pierri, da Vara da Infância e Juventude. “Os responsáveis pelas crianças afetadas pela decisão, que estavam matriculadas em tempo integral em 2017 e foram classificadas para tempo parcial para 2018, devem entrar em contato com as escolas de origem, pois os diretores vão indicar o local para a nova matrícula em tempo integral”, informou a secretária da Educação.