7º Afropira leva cultura afro-brasileira ao Engenho

Evento acontece nesta quarta, Dia da Consciência Negra. (Foto: Amanda Vieira/JP)

No Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, acontece a partir das 13h, no Engenho Central, o 7º Afropira, que reunirá diferentes linguagens da cultura afro-brasileira. A entrada é gratuita.

O Afropira mantém o objetivo de levar à população de Piracicaba e também às pessoas de outras cidades que nos visitam a riquíssima cultura afro, de fundamental importância para a cultura brasileira, de uma forma geral. Teremos uma série de atrações, num evento que promove a valorização e a reflexão”, afirma Rosângela Camolese, secretária municipal da Ação Cultural e Turismo.

As atrações do palco principal são: Grupo de Dança Afro, Afro Jazz, Reggaeton Hip Hop, Teatro, Capoeira, Rappers, diversos cantores, Maracatu, Bate Lata e Grupo de Samba. No Espaço Hip Hop e espaço Oficinas haverá oficinas de Dança Afro, Percussão, Maracatu, Kizomba/Semba, Gafieira, Samba de Roda, grupos de Break, Krump, Dança de Rua, Batalha de MCs e DJs.

No Espaço Capoeira, além de grupos de capoeiristas, haverá oficinas de Puxada de Rede e Maculelê. O Espaço Criança reunirá contação de histórias, pintura facial, oficinas de Maracatu, Bate Lata, Hip Hop, capoeira e personagens. No Espaço Griô acontecerá bate-papo com diversos profissionais e contação de histórias. O Espaço Beleza reunirá vários profissionais. E, na hora do almoço, terá a apresentação do músico Otiniel Aleixo (Legal).

CONSCIÊNCIA NEGRA

O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil, data escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O Dia da Consciência Negra busca trazer à tona e debater questões como racismo, discriminação, igualdade social, inclusão de negros na sociedade e a cultura afro-brasileira.

Da Redação