A motivação para chegar ao topo (III)

Os sonhos são o combustível da motivação. Mas não basta sonhar. Para atingir seus objetivos, você precisa saber como se planejar e como investir de modo a manter essa chama sempre acesa. É necessário saber que:

Motivação é esforço – Começar uma corrida é fácil, mas nem todos conseguem terminá-la. Na virada do ano para 2016, tive a felicidade de completar a minha segunda corrida de São Silvestre. Entre o início e o fim, há o desafiante meio. Da partida à chegada na Avenida Paulista, você vê muita gente incentivando, gritando seu nome, aplaudindo. O alto astral da multidão que se aglomera para assistir aos atletas amadores e profissionais estimula cada passada. Não dá para desistir. Entretanto, sem empenho, determinação e força não se consegue concluir a prova. É assim também no meio profissional. Só alcança a premiação quem não para no meio do trajeto. Antes de participar da São Silvestre, assistia à transmissão da corrida na TV, sentado na confortável poltrona da sala. Eu era um sedentário por convicção. Não fazia nenhum exercício físico. No máximo andava pela loja. Mas me motivei para mudar isso. Comecei aos poucos, com leves caminhadas, e hoje tenho orgulho das minhas duas medalhas de participação na competição. Elas são as agradáveis recompensas do meu esforço.

Motivação é arriscar – Que é melhor trabalhar com o que se gosta ninguém duvida, mas isso nem sempre acontece e o jeito é arriscar e “pegar o que pintar”, descobrindo, inclusive, a satisfação em algo novo. Temer desafios é humanamente compreensível, mas, acredite, impede seu progresso. Desafios surgem para impulsionar. Mesmo que você erre, aprenderá alguma coisa. Experimente o inesperado e surpreenda-se.

Motivação é comemorar – Sua meta é ter uma carreira bem sucedida? Maravilha! Só não esqueça que isso não acontece de uma hora para a outra e que comemorar as inúmeras pequenas conquistas ao longo da jornada é importante para manter-se firme em busca do objetivo maior. Uma venda que você não esperava, um agrado do cliente, um elogio do chefe… tudo isso merece ser celebrado. Quando as conquistas são comemoradas e compartilhadas com os demais integrantes da equipe de trabalho, o vínculo entre todos se fortalece, o que gera sintonia e, consequentemente, um melhor ambiente corporativo.

Motivação é planejamento e comprometimento – Planejamento é essencial para se chegar onde deseja. Após estabelecer sua meta, veja quais ações são necessárias para atingi-la. Com organização, o tempo pode ser mais bem aproveitado. Planejar é exercício para o dia a dia. Não adianta fazer tudo aos “trancos e barrancos” ou aos “45 minutos do segundo tempo”. O jogo começa antes, bem antes, e preparar-se é o primeiro passo a ser dado. Tem funcionário que quer “abraçar o mundo”, mas isso não é possível. Não prometa o que não pode cumprir, porque a frustração é inevitável, a motivação vai para “o ralo” e o fracasso bate à porta, geralmente. Comprometa-se com o que, de fato, sabe que vai dar conta dentro do prazo estabelecido. Caso contrário, seu desempenho no trabalho será prejudicado por conta da preocupação com aquilo que não conseguiu concluir.

Pense sobre seus objetivos. Estabeleça metas e prazos e utilize-os para acordar todos os dias com disposição e energia. Lembre-se da fábula do coelho, que é capaz de escapar da raposa, pois esta corre pela refeição, enquanto o coelho corre pela própria vida!