Ações contra candidaturas terão julgamento célere, diz Rosa Weber

Ações contra candidaturas terão julgamento célere, diz Rosa Weber
Fonte: Agência Brasil

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, afirmou hoje (28) que a Justiça Eleitoral dará “andamento célere” às ações de investigação judicial eleitoral que foram abertas contra as candidaturas de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) à Presidência da República.

Ao menos cinco ações foram abertas na última semana impugnando as candidaturas de Bolsonaro e de Haddad. Nas ações, os candidatos se acusam de abuso de poder econômico na campanha eleitoral e pedem um a inelegibilidade do outro.

Questionada se seria possível que o TSE alcance alguma decisão antes da diplomação do vencedor da eleição deste domingo, Rosa Weber evitou, no entanto, fazer previsão sobre o desfecho das ações.

“Com relação ao tempo de duração do processo, não tenho como dar um prognóstico, vamos observar o devido processo legal”, disse a presidente do TSE. “O que eu posso afirmar é que nós vamos dar o encaminhamento célere que a Justiça Eleitoral costuma dar a todos os processos”, acrescentou.

Sobre uma eventual cassação de registros de candidaturas presidenciais no caso de ser confirmado o abuso de poder econômico por parte de algum candidato, Rosa Weber respondeu: “Vamos esperar que os fatos aconteçam”.

Ações contra candidaturas terão julgamento célere, diz Rosa Weber