Acusado de furto de veículo morre em confronto com PMs

Troca de tiros aconteceu na Comunidade Pantanal (Foto: Divulgação) Troca de tiros aconteceu na Comunidade Pantanal (Foto: Divulgação)

Um homem de 32 anos morreu após se envolver em uma troca de tiros com a Polícia Militar, na madrugada de ontem. Ele foi acusado de furtar um veículo com um comparsa. Segundo a PM, os dois suspeitos portavam armas nas cinturas e correram em direção a um matagal, na Comunidade Pantanal. Um deles teria atirado em direção dos policiais, que revidaram. O suspeito morreu no local, o outro conseguiu escapar do cerco policial.

Por volta das 2h da madrugada, os policiais estavam próximos da comunidade, quando avistaram um VW Gol, ano 1996 com dois ocupantes.

Os PMs confirmaram que o veículo era furtado. Assim que os suspeitos perceberam a aproximação dos policiais, eles correram em direção ao matagal. De acordo com os policiais, os dois estariam com armas na cintura. Ambos teriam atirado em direção dos policiais.

Segundo o boletim de ocorrência, durante o confronto, um dos suspeitos foi atingido por quatro tiros que acertaram tórax, ombro, quadril e nádegas. Com ele, os policiais teriam localizado um revólver.

Os PMs chegaram a acionar o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas assim que os socorristas chegaram constataram que o homem já estava morto. Ele não portava documentos e até o fechamento desta edição, o suspeito ainda não tinha sido identificado pela polícia.

De acordo com os policiais, o Gol usado pelos suspeitos foi levado ao pátio de veículos da cidade, onde será periciado pelos agentes do IC (Instituto de Criminalística) de Americana. Quatro pistolas calibre ponto 40 usadas pelos policiais durante a ocorrência foram apreendidas e serão periciadas. O revólver calibre 38 que teria sido usado pelo suspeito estava com três munições intactas e outras duas deflagradas.

Cristiani Azanha