Acusado de roubo morre em confronto com a PM

PM Suspeito teria apontado uma pistola em direção dos policiais. ( Foto: Divulgação)

Um acusado de roubo morreu após confronto com a Polícia Militar, na segunda-feira (19), no bairro Morumbi. Ele teria roubado um celular e um envelope com R$ 3.000 de uma comerciante de 27 anos. O homem fugiu após o roubo, mas foi localizado na mesma região pela Polícia Militar. O suspeito teria apontado uma pistola em direção dos policiais que revidaram. Os socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegaram a ser acionados, mas quando chegaram confirmaram que o suspeito não resistiu.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 20h, os policiais foram avisados do roubo e passaram a fazer buscas pelo bairro. A vítima do roubo teria informado aos policiais que o assaltante trajava calça jeans de cor escura, blusa de moletom e camiseta um suspeito próximo a uma área verde na Rua dos Contabilistas, que tinha características informadas pela solicitante. O suspeito teria sacado a arma de fogo que portava e atirou em direção a dois policiais, que revidaram. O acusado não portava documento. Ele portava uma pistola calibre 7.65, com numeração suprimida, oxidada, com quatro projeteis intactos.

De acordo com a PM, o aparelho celular da vítima foi encontrado caído próximo ao corpo do assaltante e estava dano aparente na tela. Com ele ainda foram apreendidos outros dois aparelhos celulares, ambos da marca LG, os quais foram apreendidos e encaminhados para exame pericial. A quantia em dinheiro não foi localizada pelos policiais.

Os peritos do IC (Instituto de Criminalística) fizeram o levantamento sobre o ocorrido e depois o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para a realização de exame necroscópico para confirmar a causa da morte do suspeito e exame de impressões digitais para confirmar a sua identificação. As armas usadas pelos policiais também serão periciadas.

(Cristiani Azanha)