Adolescente que venderia drogas perto de escola é abordado pela GC 

Menor estaria com as drogas (Divulgação/GC)

Um adolescente de 15 anos foi apreendido pela Guarda Civil após ser acusado de vender entorpecentes perto de uma área de lazer e ao lado de uma escola municipal, no bairro Itamaracá, na manhã de quarta-feira (2). Foram apreendidas 20 trouxinhas de maconha e mais 13 tabletes da mesma droga, com aproximadamente 400 gramas. O menor chegou a ser apresentado na UPJ (Unidade de Polícia Judiciária), mas foi liberado ao responsável.

De acordo com a Guarda, por volta das 9h30, os guardas estavam no bairro, quando foram avisados por um morador sobre um jovem que comercializaria entorpecentes nas imediações.

Os agentes foram até ao local informado, onde encontraram o menor que tinha as mesmas características relatadas anteriormente pelo denunciante. Os guardas teriam surpreendido o menor no momento em que ocultava e pegava algo entre as folhagens ao solo, possivelmente entorpecente.

Os guardas voltaram ao local como o apoio das equipes do Romo (Ronda Motorizada) e abordaram o adolescente no momento que saía da área de lazer. Ele portaria 20 porções de maconha.  Os agentes fizeram uma busca nas imediações e teriam localizado a aproximadamente dez metros da região, onde o menor estava, mais 13 trouxinhas de maconha escondidas entre as folhagens de árvores caídas ao chão.

Segundo os guardas, o adolescente teria assumido seu envolvimento na comercialização de drogas, mas não informou quem seria o fornecedor das drogas. O menor foi levado à UPJ, onde foi liberado ao responsável mediante o compromisso de ser apresentado à Vara da Infância e Juventude.

 

Cristiani Azanha

[email protected]