Agricultor denuncia mortandade de peixes por despejo de resíduos

Água contamina mata peixes e acaba intoxicando o gado que bebe o líquido (Foto: Amanda Vieira/JP)

O agricultor José Caros Liberato denunciou a mortandade de peixes em um ribeirão dentro de sua propriedade, no distrito de Ártemis. Segundo ele, várias espécies morreram e outras agonizavam nesta segunda-feira (13) devido ao despejo de restilo de cana-de-açúcar.

Ontem, alguns animais ainda tentavam respirar fora d’água devido à existência do produto químico que ainda permanecia nas águas. Para o agricultor, a mortandade de peixes se deve ao restilo da cana, que é plantada na propriedade ao lado da sua.

O restilo é jogado na terra, entrando no ribeirão em contato com a água. Os peixes morrem e intoxica até o gado que bebe dessa água. A coisa está feia, a gente reclama e ninguém quer saber de nada, os chefes não querem tomar uma atitude”, contou Liberato, acrescentando que procurou os funcionários da Raízen, segundo ele, a responsável pelo plantio de cana naquela região, mas os funcionários não tomaram nenhuma atitude. “Quando um pai de família é pego pescando ele é preso, mas como a usina tem dinheiro, nada acontece”, acrescentou.

Liberato disse que não tem ideia da quantidade de peixes mortos no ribeirão e revelou que essa não é a primeira mortandade. Segundo ele, no ano passado correu outra fato parecido. Entre as espécies mortas estão tilápias traíras e pacus. Segunda o agricultor, os peixes mortos desceram a correnteza enquanto alguns ainda tentam sobrevier nas águas poluídas.

Por meio da assessoria, a Raízen informou ontem que enviará uma equipe até o local para levantar informações sobre o assunto. A empresa acrescentou que segue as determinações estabelecidas pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e demais órgãos ambientais e que não descarta resíduos provenientes do processo de produção, sejam eles sólidos, orgânicos, de qualquer outro tipo, ou que estejam em desconformidade com a Legislação. “A companhia ressalta ainda que investe continuamente na melhoria dos seus processos e que busca as mais avançadas tecnologias para aplicação em suas operações”, informou em nota.

Beto Silva