AHA inicia campanha on-line para reeditar 1º catálogo do Salão

A AHA (Associação dos Amigos do Salão Internacional de Humor de Piracicaba) iniciou, no último sábado, campanha on-line de financiamento coletivo para reedição e impressão do primeiro catálogo do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, que foi publicado originalmente em 1976, reunindo imagens dos trabalhos vencedores dos primeiro e segundo Salões e de todos os selecionados do terceiro Salão. A coletânea foi localizado recentemente no acervo do publicitário Adolpho Queiroz, um dos fundadores do Salão e presidente da AHA. A ação na internet está na plataforma de crowdfunding Catarse (catarse.me/catalogosalaodehumor) e a meta de arrecadação é R$ 2.000 até 23 de maio. Com o valor, conforme Queiroz, serão impressos 500 exemplares do catálogo, com imagens digitalizadas e tratadas, destinados aos artistas autores das obras, à reserva técnica do Salão e a colecionadores e apreciadores da mostra de humor. 
 
 
De acordo com Queiroz, vários dos 103 autores das obras que constam no primeiro catálogo do Salão não receberam a coletânea e têm sido contatados, pela própria AHA, via e-mail e mídia social, para que também colaborem com a campanha. “Até mesmo a SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo) e o Cedhu (Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação do Humor Gráfico de Piracicaba) não possuem exemplares”, afirmou o presidente da associação, acrescentando que a entidade foi convidada para fazer uma mostra paralela do catálogo, em agosto, no Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes.
 
 
No catálogo a ser reeditado estão obras, por exemplo, dos cartunistas Laerte Coutinho e Chico Caruso. O valor mínimo de apoio é R$ 30 e entre as recompensas para os apoiadores estão, além do próprio catálogo, livros sobre humor gráfico, como Batom, Lápis & TPM — Mulheres em traços: a percepção do sensível presente na exposição e Um incêndio na lógica — 25 anos do Salão Universitário de Humor da Unimep, e uma tirinha exclusiva e personalizada de autoria do chargista Erasmo Spadotto, diretor do Salão.
 
 
MAIS — O projeto Piradübem, grupo formado por voluntários que atuam desde 2012 levando bem-estar a crianças de diversas entidades sociais de Piracicaba, será um dos beneficiários do resultado final da campanha de financiamento coletivo da AHA, recebendo 13% do total arrecadado.
 
 
SERVIÇO — Campanha on-line de financiamento coletivo para reedição e impressão do primeiro catálogo do Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Meta: R$ 2.000. Prazo final para apoiar: 23 de maio. Informações: catarse.me/catalogosalaodehumor.