Alemanha e Suécia fazem clássico nas quartas da Copa Feminina

Em Mundiais, a Suécia tem a maior goleada, porém no jogo mais importante deu Alemanha (Foto: Getty Images)

As quartas de final da Copa do Mundo Feminina terminam hoje, com os jogos entre Itália e Holanda, às 10h, em Valenciennes, e o clássico entre Alemanha e Suécia, às 13h30, em Rennes. Italianas e holandesas tentam alcançar a semifinal pela primeira vez na história, enquanto que as alemãs tentam chegar a esta fase pela segunda edição consecutiva. As suecas, outra equipe tradicional, chegou na semifinal pela última vez em 2011.

Após alcançar as quartas pela primeira vez em 28 anos, a campanha da Itália tem tido um impacto positivo tanto na equipe quanto na nação italiana. Seleção com a pior colocação no ranking da Fifa entre as classificadas, as italianas podem ser chamadas de surpresas, porém a confiança da equipe tem crescido jogo após jogo. O confronto diante da China provou que conseguiram lidar com a pressão apresentando um bom futebol em um jogo eliminatório no Mundial.

Após quatro vitórias no Mundial, a Holanda chega com 100% de aproveitamento no Mundial e conseguiram demonstrar uma mistura de técnica e raça contra o Japão. Para alcançar uma inédita semifinal, as campeãs europeias terão outro grande desafio contra a Itália, já que na partida contra as japonesas, as fragilidades holandesas foram expostas e é algo que as italianas poderão se aproveitar.

Após uma competição tranquila até aqui, com três vitórias na fase de grupos e um 3 a 0 sobre a Nigéria nas oitavas, as alemãs, que ainda não sofreram gols, chegam animadas contra a Suécia, na qual o histórico mostra uma superioridade alemã. A grande questão para as bicampeãs será se Dzsenifer Marozsan retornará diante das suecas, já que a formação alemã poderá mudar se sua craque estiver em campo.

A Suécia não vence a Alemanha desde 1995, porém a equipe vem trabalhando para que o tabu de 24 anos termine. As alemãs ainda não demonstraram a performance esperada para uma equipe com sua qualidade, enquanto que as Escandinavas estão confiantes após vencer o Canadá. Uma forte defesa e um contra-ataque rápido serão as chaves para que uma vitória sobre a Alemanha finalmente venha.

Holanda e Itália se enfrentam pela primeira vez em Mundiais, enquanto que Alemanha e Suécia já jogaram quatro vezes na Copa, com duas vitórias para cada lado. As vitórias suecas foram por 4 a 0 na disputa pelo terceiro lugar em 1991 e 3 a 2 na fase de grupos em 1995. As vitórias alemãs foram por 2 a 1 na decisão de 2003 e por 4 a 1 nas oitavas de 2015.

Os Estados Unidos venceram a França por 2 a 1, com dois gols de Rapinoe, com Renard fazendo o gol francês. Com o resultado, as americanas enfrentam a Inglaterra na semifinal.

Mauro Adamoli