Aluna da Esalq/USP vence prêmio Apcal

Professor da Esalq, Pedro Marques e Claudia Scarpelin (Foto: Divulgação)

Como forma de comemorar 10 anos de atuação, a Apcal (Associação dos Profissionais Cientistas de Alimentos) estabeleceu parceria com o Pecege para a criação do Grande Prêmio Apcal/Pecege, concedido a um dos seis estudantes que receberam o Prêmio Apcal. Além do diploma de Honra ao Mérito, a vencedora, Claudia Scarpelin, ganhou uma bolsa para um dos sete cursos de MBA USP/Esalq à distância oferecidos pelo Pecege.

Criado para incentivar a participação de alunos dos cursos de graduação de Ciências dos Alimentos e Ciência e Tecnologia de Alimentos em atividades extracurriculares, o Prêmio é oferecido desde 2012 e consiste em diploma de Honra ao Mérito ao estudante que tenha se destacado também em trabalhos voluntários e no engajamento institucional em comissões, conselhos, entre outros.

Na edição institucional do Prêmio Apcal, a Gestão Apcal 10 anos concedeu o reconhecimento aos estudantes Sabrina Caxambú, da UERGS (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul) – campus Encantado; Izabete de Oliveira Lara Pacheco e Carla Vitória Mota Sczczepaniak, da UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso) – campus Cuiabá; Alessandra Brioschi, do IFES (Instituto Federal do Espírito Santo) – campus Venda Nova do Imigrante; Claudia Scarpelin, da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) e Luiza Cirra Pereira da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) – campus Florianópolis.

O presidente da Gestão Apcal 10 Anos, Adriano Costa de Camargo, destaca que a área de ciência de alimentos é relativamente nova, mas que a cada ano ganha mais espaço na iniciativa privada e no setor público. Tanto que, atualmente, 12 universidades e institutos federais oferecem graduação em Ciências dos Alimentos e Ciência e Tecnologia de Alimentos, em um total de 16 campi. “Por meio do Grande Prêmio, a Apcal e o Pecege reconhecem o aluno que vai além das atividades acadêmicas. Os cursos de MBA são uma ótima opção para que o profissional adquira novas habilidades, principalmente quando se busca qualificação para cargos de gestão”, avalia Camargo.

Para o coordenador do Pecege, prof. Pedro Valentim Marques, a premiação concede um estímulo ao reconhecer o trabalho realizado pelo aluno. “É com muita honra que realizamos essa parceria. Tenho certeza que essa ação ofertará grandes oportunidades aos participantes, além de destacar a qualidade do aprendizado acadêmico”, comenta.