Aluna de Etec fatura prêmio de redação na USP

A piracicabana Emily Vitorino Alcantara Raimundo, de 17 anos, sagrou-se campeã da 11ª edição do Prêmio Econoteen de Ensaios, promovido pela FEA-USP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo). A premiação aconteceu na noite de anteontem, durante aula magna de abertura do ano letivo 2018 dos cursos de graduação da USP. Emily representou a cidade por meio da Etec (Escola Técnica Estadual) Coronel Fernando Febeliano da Costa, vinculado ao Centro Paula Souza, onde estuda.
 
Direcionado a alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Médio de escolas públicas de São Paulo, o prêmio tem como objetivo estimular adolescentes a pensar soluções diante de problemas de natureza econômica. O tema desta 11ª edição foi “As causas do desemprego dos jovens no Brasil são semelhantes às observadas no resto do mundo?”.
 
Estudante do terceiro ano do curso técnico de Administração Integrado ao Ensino Médio, Emily foi premiada pelo artigo “O desemprego jovem no Brasil e no mundo: entre causas e efeitos”. O trabalho traz um panorama sobre as causas do desemprego entre os jovens no Brasil, tentando identificar as dificuldades para o ingresso no mercado de trabalho. É feita ainda uma comparação com outros países, com o objetivo de compreender o problema internacionalmente. 
 
Para a professora e orientadora da aluna da Etec, Diana Leite Kochmanski Fuzeti, o empenho da aluna se tornou conquista. “Nós informamos os alunos que haveria este concurso e ela sentiu-se bem para abordar o tema. Orientei-a nas pesquisas sobre o assunto para dar credibilidade ao seu texto bem como mostrei como empregar as técnicas e metodologias exigidas pela competição”, disse.
 
Klauber José Marcelli, diretor da Etec, se diz feliz com o resultado obtido pela aluna Emily e espera que este resultado inspire mais alunos a participarem destas competições. “Este resultado mostra que a nossa Etec está desempenhando bem o seu papel que é o de fomentar o desenvolvimento acadêmico junto aos alunos. O esforço de Emily foi recompensado com o primeiro lugar na competição”, afirmou o diretor.