Apeoesp e entidades promovem manifestação hoje

O evento está acontecendo desde as 9h, na Praça do Terminal Central de Ônibus,com a realização de ato público (foto: Amanda Vieira).

A Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) e representantes da Unimep, Centro do Professorado Paulista (CPP), entre outras, promovem hoje (13), manifestações contra os ataques à educação pelo governo de Jair Bolsonaro e em defesa da Previdência Social. A manifestação será realizada em Piracicaba, pela manhã, com concentração às 8h30, e acontecerá a partir das 9h, na Praça do Terminal Central de Ônibus, com a realização de ato público. No período da tarde, os manifestantes de Piracicaba ajudarão a engrossar o ato público marcado para às 15h, na avenida Paulista, em São Paulo, seguida de caminhada até a Secretaria Estadual de Educação.

De acordo com a diretora da Apeoesp Leonor Peres, os manifestantes levarão para as ruas cartazes com frases mostrando à população o que o governo de Jair Bolsonaro está fazendo ao povo brasileiro. “Haverá aula pública com professores representando entidades da educação. Também não está descartada a realização de uma passeata pelas ruas centrais, que será decidido durante o ato pelos participantes”, informa.

A presidente da Apeoesp, a deputada estadual Professora Bebel (PT) diz que a ofensiva do governador João Doria e do presidente Jair Bolsonaro contra a educação pública tem sido forte e os ataques vêm de todos os lados. “Entre a avalanche de absurdos estão a clara intenção de privatizar o ensino, a ameaça à aposentadoria dos professores, a falta de investimentos nas escolas e, recentemente, os ataques promovidos contra a liberdade de cátedra”, diz.