Após campanha, garoto fará cirurgia em Curitiba

Após meses de campanha e ações beneficentes, os pais de Arthur Henrique da Silva Totta, de apenas 1 ano e 9 meses, conseguiram arrecadar os R$ 72.216 necessários para o início do tratamento contra uma doença crônica. A primeira cirurgia a qual o garoto será submetido já foi marcada para o dia 23, em Curitiba.
 
Portador de emimelia fibular e fêmur curto congênito, Arthur precisa passar por um delicado procedimento cirúrgico. Sem condições de arcar com o tratamento, a família se mobilizou via redes sociais e em ações para arrecadação do montante. Após cerca de 1 ano, atingiu o valor almejado.
 
Esta será a primeira de uma série de quatro cirurgias. “Conseguimos chegar ao montante necessário através de vaquinha on-line, depósitos em conta corrente, jantares beneficentes, rifas e bazares de roupas doadas”, explica Gustavo Totta, pai de Arthur.
Ao todo, o menino e a mãe — Patrícia — ficarão por três meses na capital paranaense, o que contribuiu para o aumento dos custos da família. Nesse período, o garoto será submetido a quatro procedimentos cirúrgicos (orçados em R$ 50 mil) e a 60 sessões de tratamento fisioterápico, com valor estimado em R$ 5.100.
 
Para Gustavo, a solidariedade foi essencial para que os problemas do filho, que sofre com o encurtamento em 11 centímetros da perna esquerda, além de dedos grudados no pé esquerdo, começassem a ser resolvidos. Caso a intervenção cirúrgica não fosse realizada nessa idade, as sequelas poderiam acompanhar a criança por toda a vida. “Foi um alívio. Estamos apreensivos e confiantes, torcendo para que tudo aconteça da melhor forma na recuperação dele”, disse.
 
Apesar da arrecadação ter possibilitado o início do tratamento, a família ressalta que a campanha continua para as próximas fases da recuperação de Arthur. As doações podem ser feitas pela internet, através do link: www.vakinha.com.br/ juntos-pelo-arthur ou por depósito bancário, que pode ser feito nas lotéricas, em conta da Caixa Econômica Federal (agência 3008, operação 013, conta poupança 16218-7).