Após denúncias, DER retoma obras na rodovia Geraldo de Barros, em Ártemis

Nove dias após a reportagem do Jornal de Piracicaba mostrar problemas nas obras de recuperação da rodovia Geraldo de Barros (SP-304), no trecho entre Ártemis e Piracicaba, o Estado retomou as obras na região na tarde de ontem. Reportagem divulgada no último dia 7 mostrou que o trecho em obras estava sem operários e que a pavimentação recém executada já estava deteriorada e causava transtornos aos motoristas.
 
De acordo com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), responsável pela fiscalização da obra, os trabalhos na SP-304 “não foram paralisados” e as obras “estão sendo executadas no trecho entre Piracicaba e Ártemis”. O órgão estadual lembrou que as obras foram iniciadas em novembro de 2017 e que está dentro do cronograma , com duas frentes de trabalho, sendo uma entre Americana e Piracicaba, e outra entre Piracicaba e o Distrito. “O prazo de execução previsto das obras é de 18 meses”.
 
A agente comunitária de saúde Lorem Camargo de Lima, 22, moradora de Ártemis, informou que o asfalto cedeu antes mesmo da inauguração da pista e falta sinalização. “Não há faixa seccional, nem de acostamento e olho de gato. Na maioria das partes em que fizeram as obras, já está coberta de buracos. Sinceramente não sei que obras foram essas. Porque em vez de melhorar só pioraram”, disse a agente.
 
Apesar da reclamação, segundo a assessoria do DER, “o local está devidamente sinalizado conforme legislação do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). Se forem constatados problemas na execução das obras, o DER notificará a construtora para refazer o serviço.”
 
Em contato com o JP, o deputado estadual Roberto Morais (PPS) disse que, mesmo com o trecho das obras dentro do cronograma, pediu agilidade nas obras. “Ela está dentro do prazo e não foram interrompidas em nenhum momento. A empresa responsável estava trabalhando em duas frentes e agora está com uma frente específica em Ártemis”, afirmou o político.
 
Entregue recentemente, as obras entre Ártemis e São Pedro também apresentaram problemas. A melhoria aconteceu em trecho de 10km, porém a reportagem flagrou buracos, remendos e desníveis ao logo dos KMs 182, 183 e 185. O DER informou que, após vistoria no trecho, “se constatado os problemas, a construtora será notificada a refazer o serviço.”
 
A rodovia passa por obras em 52,66 quilômetros de extensão, em Americana, Santa Bárbara D’Oeste e Piracicaba. O projeto prevê revitalização do pavimento asfáltico, com correção de ondulações e deformidades e nova sinalização.“Atualmente 35% dos serviços já foram executados e o investimento do Governo do Estado é de R$ 33,8 milhões”, informou o DER.