Após os 40 anos, o negócio é manter o vigor

Nesta semana, um leitor me abordou em um Clube onde frequento, me perguntando se é normal sentir que não esta com o mesmo vigor, após os 40 anos de idade. Para muitos homens, após os 40 anos, é nesta fase da vida onde ele sente que o processo de envelhecimento esta ocorrendo. Primeiros fios de cabelo branco, perda de força e potência nos afazeres domésticos e até naquele hobby do futebol do final de semana. Após os 30 anos de idade a queda de todas as valências físicas se torna acentuada caso você não coloque na sua rotina diária a atividade física.

Além disso, após os 30 anos de idade, começam a ocorrer a perda da massa magra, perda óssea, aumento da gordura corporal e aumento do peso, tudo derivado da alteração hormonal que mexerá com o nosso metabolismo tornando-o mais lento. Depois dos 30 anos de idade a frequência cardíaca no homem começa a diminuir cerca de 1 batimento por ano, seu coração diminui a capacidade de bombear sangue para o seu corpo todo e sua capacidade aeróbica é reduzida, tornando-se mais fácil que a fadiga se instale no seu corpo e que você passe a sentir isso.

A impressão que dá é que estamos chegando à beira do abismo com tudo isso que estou falando não? Calma, para inibir todos estes processos citados acima, basta que além de uma boa alimentação, que se coloque na sua rotina diária os exercícios físicos.

Uma publicação do National Strenght and Conditioning Association ( NSCA) mostrou que quando comparado aos sedentários, a curva que gera a queda de todos os parâmetros acima é quase imperceptível e bem menos acentuada. Resumindo, podemos dizer que quando você realiza a atividade física regularmente com cargas apropriadas, você continua jovem no ponto de vista fisiológico, neuromuscular e metabólico.

Se você esta chegando aos seus 40 anos e ainda não colocou na sua rotina a atividade física, comee a pensar e inserir isso para ontem se quer continuar jovem e livre de problemas ósseos ou articulares.

Alguns cuidados devem ser analisados antes de iniciar seu programa de exercícios por causa dos seus quarenta anos. Você deve ter mais cuidado com as cargas e a evolução nos treinos deve ser mais lenta; alterne sempre os grupamentos musculares a cada dia, se por exemplo segunda realizou pernas, na terça realize membros superiores; o aquecimento deve ser maior para que o corpo de adapte mais as cargas de treinamento.

Não vou te enganar, envelheceremos de qualquer jeito, mas como envelhecer é a sua escolha. O exercício ainda é o seu melhor investimento para uma autonomia e independência no futuro, prevenindo doenças e vivendo com mais qualidade. Aposte nisso! Até a próxima!