Artilheiro, Raphael Macena quer “bater” meta pessoal

Atacante disse que queria marcar 14 gols antes da competição começar; faltam apenas dois. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

XV de Piracicaba continua sua preparação para a decisão da Copa Paulista e tentar conquistar seu segundo título da competição. O Nhô Quim conta com Raphael Macena, artilheiro da competição com 12 gols. “É uma conquista pessoal minha, já que, quando começou a competição, tinha a meta de marcar 14 gols e agora faltam apenas dois, com dois jogos a disputar. Estou muito feliz com o meu desempenho pessoal, mas isso tudo é fruto do time, já que ajudaram muito e só tenho a agradecer a eles”, disse o atacante dando os méritos para seus companheiros.

Na disputa pela artilharia, o principal concorrente de Macena é o atacante Gleyson, do São Caetano, que marcou 10 gols na competição, porém o atleta não atuou nas semifinais diante do EC São Bernardo e pode se ausentar também da final, fato que Macena torce para que não ocorra. “Conheço ele (Gleyson) e fiquei sabendo da contusão, mas espero que ele jogue, já que é um bom jogador e melhorará mais ainda a qualidade das finais. Tenho que fazer o meu melhor e espero que, nesses próximos dois jogos, tenha a felicidade de marcar mais dois gols e alcançar minha meta”, explicou.

Além do título, Macena tem a chance de apagar de vez a sua primeira passagem pelo XV (em 2014, na qual atuou pouco em razão de contusões) e cravar seu nome entre os grandes atacantes do Nhô Quim. O atleta não pensa nesta possibilidade, já que espera que tudo aconteça naturalmente. “Acho que as metas estão vindo e as coisas acontecendo naturalmente, tento fazer o meu melhor a cada jogo. Se conseguir bater as minhas metas e entrar para a história do XV, me sentirei muito honrado, já que sei o peso desta camisa, da importância da torcida e do meu carinho por eles”, comentou.

Por fim, Macena lembrou da ansiedade antes da final. “Procuro nem pensar tanto nisso, tento tirar um pouco do foco, já que apenas no dia do jogo a gente fica mais ansioso, com vontade de jogar e fazer o nosso melhor. Estamos fazendo esse tipo de treinamento para ficar com a cabeça tranquila para entender a estratégia e colocá-la em ação no jogo”, finalizou.

INGRESSOS

Os ingressos para a partida continuam a venda nas bilheterias do Estádio Barão de Serra Negra. Aproximadamente sete mil já foram comercializados até as 15h30 de ontem. Todos os bilhetes disponiveis para a troca por duas garrafas pet (quatro mil) se esgotaram.

Mauro Adamoli

[email protected]