Árvores

Meu pai plantou uma árvore. No solo/ pôs umidade, esquecimento e adubo./ Regou-a com suor e desconsolo./ Cuidados de amoroso e água da chuva./… O lenho antigo reverdece agora./ Hoje meu pai é seiva soterrada/ que abrange o tempo e abrange a eternidade” (Francisco Carvalho – Pastoral dos Dias Maduros).

Árvore, segundo o dicionário, é um vegetal de tronco lenhoso, cujos ramos crescem a certa altura do solo.

Quando de menor porte, e com ramos desde junto ao solo, é chamada de arbusto

Algumas espécies de árvores figuram entre os maiores seres vivos da atualidade. Em relação à altura, as Sequoias destacam-se; a maior delas (Sequoia Sempervirens) possui 115,56 m e está no Hyperion, Parque Nacional de Redwood – Califórnia.

Em Hobart, Tasmânia, Austrália há um Eucalípto (Eucaliptus Regnans), com 99,6 m. de altura.

Os Baobás, espécie nativa da ilha de Madagascar, destacam-se pelo seu diâmetro que podem chegar a 11metros, embora não sejam altos, alcançam de 5 a 25 metros de altura.

A Figueira Sagrada, com seus múltiplos troncos, ao cultivar raízes adventícias abaixo dos ramos, que depois de engrossarem quando a raiz atinge o solo, formam novos troncos, às vezes até centenas deles.

O Castanheiro conhecido como Hundred Horse Chestnul apresenta uma circunferência de 57,9m.

No Brasil temos o Cajueiro de Pirangi, no Rio Grande do Norte, que detém o recorde de maior área ocupada por uma única árvore, pois atinge aproximadamente 8500 m², com cerca de 500 metros de perímetro.

A idade da árvore é obtida por meio dos anéis de crescimento, o que pode ser visto quando a árvore é cortada. Há estimativa que envolve, em grande parte, especulação. Exemplos: Pinus Longeva Matusalém, 4.844 anos: Cipreste da patagônia, 3.622 anos.

As árvores são fundamentais para a preservação do ecossistema, aliás, elas compõem um ecossistema próprio. Uma única árvore e’ capaz de sustentar uma infinidade de vida, desde seres microscópicos, como bactérias, fungos, além de aranhas, insetos, formigas, répteis, macacos, morcegos e até felinos.

A nossa Mata Amazônica é maior Mata Tropical.

A Árvore da Ciência do Bem e do Mal, teve seus frutos proibidos ao homem. Eva, interpelada pela serpente, desobedeceu à ordem, comeu do fruto e ofereceu a Adão, que também comeu. Cometeram o chamado Pecado Original.

Enquanto se pratica um desenfreado desmatamento, afetando a saúde do planeta Terra, cresce a preocupação de muitos com sua árvore genealógica. Pelos noticiários do dia sim e o outro também, tomamos conhecimento de algumas vistosas árvores genealógicas, que vicejam em nossa República, têm suas raízes fincadas na lama, no esterco.

Diz a sabedoria popular que só teremos uma vida completa quando fizermos um filho, plantarmos uma árvore e escrevermos um livro. Na frase inicial desse texto, Francisco Carvalho, ao citar seu pai figurativamente, incluiu essas três tarefas; uniu o plantar a árvore com seu nascimento, galho que reverdeceu do progenitor já morto, mas que permanece, qual livro vivo, ao abranger para ele, o tempo e a eternidade.

Além da preocupação em reflorestar nosso planeta é necessário empenho para que seus habitantes sejam como frondosas árvores frutíferas, não como se nos apresentam muitas figuras de proa em nosso cenário oficial – são árvores desfolhadas, degradadas e venenosas.