Ascapi fecha ano com destaque no ranking

Ascapi o treinador Gustavo Gozzo elogiou o trabalho desenvolvido pela ascapi em 2018 (foto: arquivo pessoal).

O ano de 2018 ainda não chegou ao fim, mas já é considerado melhor do que 2017, pelo menos para a Ascapi/Selam (Associação de Canoagem de Piracicaba). Na última temporada, a equipe piracicabana enfrentou diversas dificuldades financeiras, o que também acabou prejudicando o desempenho dentro d’água, tanto na escolinha quanto no grupo de competição. Em 2018, mesmo sem recursos suficientes, o que levou a equipe a abrir mão de disputar provas com a delegação completa, os resultados foram superiores.

Em janeiro, a Ascapi foi representada pelo canoísta Vinicius Assarice na Seletiva Nacional para os Jogos Olímpicos da Juventude, em Muzambinho (MG). O piracicabano, porém, não conquistou a vaga para a competição, ficando na segunda posição, menos de um segundo acima do primeiro colocado. Ainda no primeiro semestre, a Ascapi conquistou três medalhas de ouro e mais três de bronze na Copa Brasil de Canoagem Slalom, realizada em Três Coroas (RS).

Na segunda metade do ano, o intenso calendário de competições também foi marcado pelas conquistas. No Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom, realizado em Foz do Iguaçu (PR), Denis Quellis (C1) ficou com a medalha de bronze e Thiago Serra (C1) com a de prata, o que lhe garantiu a primeira colocação no ranking nacional da CBCa (Confederação Brasileira de Canoagem). Além dele, Quellis e Pedro Aversa também figuraram nas primeiras posições.

No Campeonato Pan-Americano e Sul-Americano, realizado no fim de outubro, em Três Coroas (RS), Serra conquistou o ouro na categoria C1 sênior e Bruno Cataldo também garantiu a medalha dourada na C1 júnior. Em avaliação geral, os resultados foram considerados satisfatórios para o técnico Gustavo Gozzo. “O desempenho foi muito bom. No ranking nacional, eles ficaram nas primeiras colocações, com o Thiago em primeiro lugar, e no Pan-Americano e Sul-Americano também conquistaram medalhas. Estamos muito satisfeitos com o que foi apresentado pela equipe”, disse Gustavo.

PLANEJAMENTO

Neste ano, o projeto ‘Canoando’ da Ascapi foi aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Com a aprovação, em 2019 a iniciativa deve ganhar mais recursos e ampliar o atendimento da escolinha, que hoje tem 90 alunos, com idade a partir dos 7 anos. Também na próxima temporada, a disputa da Seletiva Nacional no início do ano e do Campeonato Brasileiro serão os principais objetivos da equipe. “Em 2019, acredito que vamos fazer muito mais ações em prol da associação. Nossa prioridade para o ano que vem é continuar com os treinamentos e participar de todas as provas que foram propostas por nós nos projetos”, finalizou o treinador.

( Líder Esportes)