Ataque de abelhas mata 14 macacos no zoo de Americana

De acordo com a equipe do Parque Ecológico, um acidente similar ocorreu há cerca de 15 anos, envolvendo o óbito de várias aves no local. Crédito: (divulgação)

Quatorze macacos da espécie prego do peito amarelo morreram após ataque de um enxame de abelhas no Parque Ecológico Municipal “Cid Almeida Franco”, em Americana, nesta quinta-feira (5). Em nota, a prefeitura lamentou e confirmou a morte dos primatas, que estavam alojados em um recinto.

De acordo com o diretor do zoo, o engenheiro agrônomo João Carlos Tancredi, esta época do ano é mais propícia para a ocorrência do fenômeno denominado enxameamento, nome que se dá à migração de parte de uma colmeia. “A ocorrência deste fenômeno é relativamente comum e pode causar sérios transtornos. Quando o enxame está muito grande e acontece a produção de uma nova rainha, ocorre o enxameamento e as abelhas tornam-se muito agressivas”, explicou.

Imediatamente após a constatação do ataque, os tratadores e técnicos do parque providenciaram a remoção dos animais, que foram prontamente atendidos na tentativa de recuperação dos que não haviam morrido de imediato. Apesar de todo o empenho da equipe, momentos depois, todos os 14 animais vieram a óbito, segundo informou a assessoria de imprensa.

“Nos acidentes provocados por ataque múltiplo de abelhas (enxames), desenvolve-se um quadro tóxico generalizado denominado de síndrome de envenenamento por causa da quantidade de veneno inoculada, levando o indivíduo à morte”, informou Tancredi. Por se tratar de uma área de mata, a presença de colmeias é comum.

A equipe do Parque Ecológico lembrou que um acidente similar ocorreu há cerca de 15 anos, envolvendo o óbito de várias aves no local.

 

 

Beto Silva

[email protected]