Ataques a Lula e Fachin colocam em xeque a democracia, diz ministro Leitão

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, classificou como “ataques à democracia” o ataque a tiros contra ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Paraná e as ameaças relatadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin.

Segundo Leitão, o cenário é resultado do processo ainda em consolidação da democracia no País. “O que aconteceu na caravana do ex-presidente Lula e ameaças ao ministro são ameaças à democracia, colocam em xeque a democracia”, disse o ministro nesta quinta-feira, 29, em São Paulo.

Leitão afirmou que o Estado de Direito precisa responder aos episódios adequadamente. O ministro participa de cerimônia na capital paulista para relançamento do programa Pontos de Cultura, que oferece incentivo financeiro a grupos culturais.