Atividade econômica na região Sul cresceu 0,5% no trimestre até fevereiro, diz BC

A atividade econômica da região Sul cresceu 0,5% no trimestre encerrado em fevereiro na comparação com os três meses concluídos em novembro, informou nesta quinta-feira, 26, a publicação Boletim Regional do Banco Central (BC), que considera os dados dessazonalizados. Nos três meses terminados em novembro, a expansão havia sido mais modesta, de 0,2%.

“Após dois trimestres com acentuada oscilação dos indicadores econômicos setoriais, a região Sul registrou, no trimestre encerrado em fevereiro, quadro de recuperação consistente da atividade”, ressalta o relatório do BC.

O documento destaca que houve desempenhos positivos do comércio, da indústria e do setor de serviços na região. Já a agricultura teve desempenho mais modesto em meio ao início do período de colheita das safras de verão.

Com a melhora da atividade no Sul, o mercado de trabalho formal criou 11,8 mil postos de trabalho, de acordo com o Boletim Regional, ante extinção de 25,7 mil no mesmo período de 2017.

“A recuperação do mercado de trabalho, aliada à manutenção da inflação baixa e aos efeitos defasados do atual ciclo de política monetária, deverão seguir repercutindo positivamente sobre a atividade econômica na região”, conclui o documento.