Atlético-PR elimina Ceará nos pênaltis na Copa do Brasil

Mesmo jogando com o apoio da torcida, no estádio Castelão, o Ceará não passou do empate por 1 a 1 com o Atlético Paranaense no tempo normal e acabou sendo eliminado da Copa do Brasil nos pênaltis por 6 a 5. Em outro jogo disputado na noite desta quinta-feira, o Ferroviário-CE surpreendeu ao bater o Vila Nova por 1 a 0, no estádio Serra Dourada.

O Ceará contava com a vantagem de atuar em casa e apoiado por mais de 15 mil torcedores, após empatar sem gols no jogo de ida. Por isso, apostava em avançar à quarta fase. Mas logo aos 14 minutos sofreu um gol, marcado por Guilherme. A torcida voltou a respirar com o empate, marcado por Felipe Azevedo, de cabeça, aos 33 minutos.

No segundo tempo, porém, ninguém abriu vantagem e a definição foi para os pênaltis. Felipe Azevedo perdeu para o Ceará na segunda série, chutando por cima do travessão. Mas Carleto perdeu a quinta cobrança para o time paranaense, defendido por Éverson. Tudo igual: 4 a 4. A partir daí foram cobranças isoladas. O goleiro Santos defendeu a cobrança de Wescley e Pavez fechou a disputa em 6 a 5 a favor do Atlético-PR.

Já o Vila Nova era dado como favorito diante do Ferroviário-CE, mas dentro de campo as coisas não andaram como o previsto. O time cearense soube se defender e jogou por uma bola. O gol da vitória foi marcado por Janeudo, aos 21 minutos do primeiro tempo. Depois o Ferroviário se segurou na defesa e garantiu uma vitória na raça. No jogo de ida houve empate por 1 a 1.

CLASSIFICADOS – Agora estão definidos os dez classificados para a quarta fase da Copa do Brasil: São Paulo, Internacional, Atlético-MG, Goiás, Náutico, Vitória, Ponte Preta, Ferroviário-CE, Avaí e Atlético-PR. Cada um garantiu R$ 1,8 milhão de premiação.

Eles serão divididos em cinco confrontos com jogos de ida e volta. Os duelos serão definidos em sorteio marcado para a sede da CBF na próxima segunda-feira, às 11 horas.

Assim, somente cinco destes times vão chegar às oitavas de final, juntando-se depois aos oito representantes do Brasil na Copa Libertadores (Corinthians, Palmeiras, Santos, Cruzeiro, Grêmio, Chapecoense, Flamengo e Vasco), mais o campeão da Copa do Nordeste (Bahia), campeão da Copa Verde (Luverdense) e campeão da Série B do Brasileiro (América-MG).