Atmosfera de compra ideal no Natal

Com a aproximação do Natal, os varejistas precisam estar atentos no sentido de criar uma atmosfera de compra ideal, com objetivo de manter os clientes por mais tempo em seus pontos de venda. Você sabia que 81% dos consumidores que vão ao ponto de venda tomam a decisão de compra se ele for agradável, organizado e convidativo? Desse percentual, 19% chegam às lojas tendo produto e marca definidos, 16% somente o produto e 65% não têm produto nem marca. Esses percentuais são resultados de estudo feito pelo POPAI Brasil, para verificar a influência do ponto de venda no comportamento de compra do consumidor. Observa-se, então, que esse local é muito mais que um expositor de produtos. Nesse sentido, deve ser considerado como canal para o contato direto das marcas com o consumidor e como a mídia mais efetiva, pois envolve três aspectos: consumidor, produto e dinheiro. As ações no ponto de venda são facilmente mensuráveis, visto que é possível perceber pelo fluxo de mercadoria e giro do estoque se elas estão funcionando. Quando o objetivo dessas ações é a criação de uma atmosfera de compra, elas são definidas como merchandising, o qual é compreendido como todo processo de ferramentas de marketing, materiais e ações que podem ser utilizadas para destacar, divulgar e promover um produto ou serviço. É fundamental levar em conta o uso de itens que favorecem o consumidor no ponto de venda, entre eles, som, luminosidade, cores, aroma, atendimento e comunicação, pois esse espaço virou uma arena onde a concorrência é muito acirrada. Desse modo, é preciso elaborar uma estratégia que defina como será a comunicação e o que se pretende alcançar para destacar o produto no ponto de venda. Ou seja, não se deve trabalhar o merchandising como ação isolada. Verifica-se com frequência a utilização de ações interessantes e chamativas, mas que não estão de acordo com a marca e seus objetivos. Para obter sucesso em suas ações, deve-se planejar a campanha (estratégias de merchandising) com foco na necessidade de a empresa realizar a ação no ponto de venda mediante a criação de uma atmosfera de compra para seu público. É importante que a empresa saiba se deseja giro de estoque ou lançamento de um novo produto e conheça os hábitos de compra do consumidor no ponto de venda. Muitos se preocupam somente com a operacionalização, entretanto a chave do sucesso é o planejamento das ações. Assim, é imprescindível pensar na logística da campanha, no espaço em que a ação será desenvolvida e na montagem dos materiais da ação, bem como conscientizar a equipe de vendas que o merchandising é um argumento de negociação, uma ferramenta que irá ajudá-la a vender mais. Tome cuidado com o olhar do cliente: encher o ponto de venda com material promocional sem a menor organização pode causar um efeito contrário ao desejado. Evite poluição visual e realize uma comunicação de bom gosto. É preciso analisar todas as variáveis da ação desde o contato humano entre vendedor e cliente, o material utilizado até o design do ponto de venda, para levar o consumidor à ação de compra. Escolha as melhores ferramentas que mais se destacam na fixação da lembrança, tais como: cartazes e banners; ilhas; bandeirolas; adesivos de chão; folhetos take one e cartazete de preços; faixa de gôndola; display exclusivo do produto; freezer e geladeira da marca e cross merchandising. Outras ações que auxiliam na obtenção do sucesso são estas: definir o perfil do cliente; identificar as características e os benefícios do produto; criar materiais de fácil compreensão; encontrar um diferencial que possa ser utilizado na criação de uma atmosfera de compra ideal; ouvir o consumidor; ser ágil na reposição do estoque; investir em novidades. Por fim, acompanhe o resultado das ações e tenha uma equipe de colaboradores motivados, informados e treinados.