Atrações da Festa do Peão de Piracicaba entram na reta final

Evento será reaberto com o show dos sertanejos Jorge & Mateus, além de provas em touros e cavalos. (foto: Divulgação)

A Festa do Peão de Boiadeiro de Piracicaba retoma amanhã as atrações em seu último final de semana no recinto do Unileste. A 26° edição será reaberta com o show dos sertanejos Jorge & Mateus, mais as provas do rodeio profissional em touros e cavalos, além dos esportes equestres como tambor e team penning.

Os associados ao Clube do Assinante do Jornal de Piracicaba e seus dependentes pagam R$ 30,00 no convite para a pista, lembrando que convites são limitados.

A venda é feita exclusivamente na filial do Centro, na rua Boa Morte, 1403. As atrações começaram na semana passada e já passaram pelo palco do evento a sertaneja Marília Mendonça, Gustavo Lima e Dennis DJ. Os portões do recinto, localizado na avenida Professor Benedito de Andrade, 200, no Unileste, abrem sempre às 19h. As montarias, que acontecem todos os dias, têm início às 20h30. A estrutura da Festa do Peão de Boiadeiro de Piracicaba, está a cargo da empresa Estrela Som e ES Agência de Eventos.

Em 70 mil metros quadrados, estarão espalhados três palcos: arquibancadas, camarotes cobertos e praça de alimentação. A segurança será monitorada pela Guarda Civil Municipal e pela Polícia Militar, o local também será equipado com câmeras de monitoramento e uma central de segurança.

A DUPLA

Responsáveis por algumas das levadas mais animadas do sertanejo universitário, os goianos Jorge & Mateus, da cidade de Itumbiara (Goiás), ganharam projeção nacional e, hoje, são considerados uma das principais duplas do Brasil. Foram apresentados através de um amigo em comum, em 2005. Jorge, estudante de Direito e Mateus, que cursava Agronomia, na época se apresentavam em festas e festivais musicais.

Neste mesmo ano tiveram a oportunidade de cantar juntos em um churrasco e assim começou a história da dupla. No dia 26 de maio, comemoraram os 14 anos de carreira e também o sucesso da nova música de trabalho ‘Tijolão’.

Beto Silva
[email protected]