Belém, a cidade exótica do Norte

Popularmente conhecida como “Minha Morena”, a cidade de Belém, capital do Estado do Pará, na região Norte do país. Por ficar atrás do Sul e Nordeste na lista de destinos mais procurados para as férias, Belém acaba fi cando um pouco esquecida. Azar dos turistas, que perdem a chance de conheceram uma das cidades mais exóticas do país, cheia de história, cultura e diversidade.

O Mercado Ver-o-Peso, também conhecido como Mercado de Ferro ou Mercado Bolonha de Peixe, não pode ficar de fora da lista de destinos imperdíveis. O local construído no século XIX abre às 3h30, com os pescadores descarregando suas mercadorias. Das 6 às 14h os clientes podem comprar os produtos ainda frescos, vindo diretamente da Amazônia. Priprioca, jambu, mandioca brava, castanha-do-pará, pirarucu, a variedade de delícias é enorme. Passeando pela orla do antigo porto, é possível avistar a deslumbrante Estação das Docas, três armazéns de ferro com arquitetura inglesa que foram transformados em local de entretenimento. Além da história, o local possui teatro, centro de exposições, artesanato, sorveterias e restaurantes. Uma infinidade de opções.

Para quem gosta de passear e aprender com a cultura e história local, o Centro Histórico de belém, que foi tombado pelo Ministério da Cultura em 2012. A cidade paraense se esforçou
para prestigiar o lugar que conta a sua história e conseguiu.

O complexo de Feliz Lusitânia, é a parte mais antiga da cidade e também uma das mais interessantes da cidade, que inclui o Forte do Presépio, a Casa das Onze Janelas (que abriga um museu), o Museu de Arte Sacra e a Catedral Metropolitana. Durante a segunda domingo de outubro (esse ano será no dia 13) acontece a famosa e prestigiada “Círio de Nossa Senhora de Nazaré”, tida como uma das maiores procissões católicas do Brasil, recebendo cerca de duas milhões de pessoas todo ano. Outro local que merece a atenção dos visitantes é o Mangal das Garças, uma agradável área verde, à beira do Rio Guamá, onde dezenas de garças e guarás (um dos pássaros mais bonitos do mundo) se refrescam com suas tranquilas águas. O local possui quatro belas atrações: um borboletário, um viveiro de pássaros, o Farol de Belém (mirante de 47 m com linda vista da cidade) e o Memorial Amazônico da Navegação (com antigas
embarcações).

O Complexo Turístico Vero-Rio é o local de diversão dos visitantes, já que além de sua vislumbrante paisagem, o local recebe diversos shows musicais, além de dar opção para os turistas se deliciarem com as comidas típicas do Pará. O Icoaraci, distrito localizado próximo a ilha de Marajó, é reconhecido por seus artesanatos em cerâmica Marajoara. Além da arte indígena presente no local, a gastronomia paraense é bem viva, com tacacá, maniçoba, o famoso pato no tucupi e a caldeirada de frutos dos rios amazônicos.

Mauro Adamoli