Bombeiro salva bebê de 13 dias engasgada com leite

Bombeiro levou mãe e filha para a UPA. (Divulgação)

Uma bebê de apenas 13 dias foi salva pelo bombeiro Wesley Rosa que estava a caminho de seu trabalho na corporação. Ele estava parado em um semáforo, na Vila Monteiro, na tarde desta quinta-feira, quando avistou a mãe correndo com a filha nos braços. Ele aplicou a Manobra de Heimlich para desobstruir as vias aéreas do bebê e em seguida, levou mãe e filha para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Piracicamirim.

O bombeiro disse que a mãe estava a menos de dois quarteirões da base da corporação, quando avistou a mulher e a criança. “Eu estava passando pela rua Dr. Coreolando Ferraz do Amaral, quando avistei a mulher que estava muito nervosa. Acredito que ela considerou que chegaria mais rápido se fosse até a nossa base. Assim que eu a vi correndo, abri a janela e perguntei se precisava de algo. A mulher respondeu que estava a caminho dos bombeiros. Eu me identifiquei e iniciei os procedimentos”, afirmou o bombeiro.

Ele relatou que percebeu que as mãos do bebê estavam meio arroxeadas, mas assim que terminamos, já voltou a sua coloração normal. “Nesses casos, os minutos fazem toda a diferença. Foi muito bom ter a oportunidade de ajudá-la. Ela praticamente tinha saído da porta de sua casa, quando passava para ir ao trabalho. O bebê foi levado a UPA como precaução, mas felizmente está bem”, afirmou Wesley.

 

Cristiani Azanha