Brasil vence a Argentina e está na final da Copa América

Gabriel Jesus marcou o primeiro e deu assistência para o segundo gol do Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

O Brasil venceu a Argentina pelo placar de 2 a 0 na noite da última terça-feira (2), no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte e está na final da Copa América 2019. Gabriel Jesus e Roberto Firmino marcaram os gols do jogo que colocaram a equipe a um passo de seu nono título da competição.

Com o resultado o Brasil decidirá a competição pela sétima vez na história e a primeira desde 2007. A Canarinho foi campeã sobre a Bolívia (1997), Uruguai (1999) e Argentina (2004 e 2007) e perdeu para o Uruguai (1983 e 1995). A Seleção ainda foi campeã em 1919, 1922, 1949 e 1989, além de ter sido vice mais nove vezes, porém o formato era diferente, sem uma “decisão” ao final do campeonato, no máximo um jogo de desempate caso as equipes empatassem em pontos.

A final da Copa América será inédita, já que o Brasil nunca enfrentou nem o Chile e nem o Peru na decisão. O confronto mais importante contra o Chile na Copa América foi justamente o último encontro entre as equipes na competição, em 2007, nas quartas de final, em que a Seleção goleou os chilenos por 6 a 1, gols de Juan, Júlio Baptista, Robinho (duas vezes), Josué e Vágner Love, com Suazo marcando o gol de honra chileno.

Brasil e Peru já se enfrentaram em duas semifinais, em 1975 e 1997. Na primeira (edição sem sede fixa, com jogos de ida e volta) o Brasil venceu em Lima por 2 a 0 e perdeu por 3 a 1 em Belo Horizonte. Já que o regulamento não previa disputa de pênaltis, o Peru se classificou através de um sorteio. 22 anos depois o confronto foi na Bolívia e a Seleção venceu por 7 a 0 (gols de Denílson, Flávio Conceição, Romário, duas vezes, Leonardo, duas vezes e Djalminha), se vingando da equipe andina.

Mauro Adamoli