Cadela debilitada é resgatada pelo Patrulhamento Ambiental e CCZ

Animal aparenta ter doença do carrapato (divulgação/GC)

Uma cadela da raça Boxer foi resgatada na tarde de segunda-feira (4), do quintal de uma residência, no Jardim Itabará, debilitada e com infestação de carrapatos. A ação foi realizada pelo Patrulhamento Ambiental e CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), após uma denúncia de que o morador teria se mudado e abandonou-a. Os agentes confirmaram, que na verdade, o animal tinha dono e pertenceria a um vigilante noturno.
O coordenador do CCZ e médico veterinário Paulo Roberto Lara, disse que o animal também estava com bicheira no ouvido e possivelmente estaria debilitada em decorrência da suspeita de doença do carrapato.
“O dono do animal trabalha durante à noite e dorme durante o dia. Talvez seria por isso que os vizinhos não o viam e acreditavam que a casa estava desocupada. Temos a suspeita também, que a cadela está com infecção no útero, mas em decorrência da situação de animal, não temos condições de pensar na possibilidade de uma cirurgia. O animal foi apreendido e está conosco, onde está recebendo os atendimentos necessários. Caso a cadela não resista, o proprietário poderá ser multado”, afirmou Lara.
O coordenador disse ainda que a multa poderá ser de até R$ 2.300,00 dependendo dos agravantes.
“No momento da retirada do animal da casa, o proprietário apenas foi notificado sobre a situação e nos próximos dias ficou responsabilizado de resolver a questão da infestação dos carrapatos, pois ficou outro cão na casa, que aparenta estar bem, mas ele deverá resolver essas questões”, completou Lara.
Segundo ele, a cadela apreendida tinha uma casinha, mas ficava diretamente exposta ou sol e portando, não a protegia do calor, por exemplo. A casa tinha recipiente com água e ração.
Lara enfatizou que as sanções, por parte do CCZ, são apenas administrativas, casos de maus tratos são considerados crimes e devem ser denunciados também à polícia. Alegou que é importante, que situações de crimes devem ser comunicadas também à Polícia Militar Ambiental.
Para realizar uma denúncia à Polícia Militar Ambiental pode entrar em contato pelo telefone 0800-113560, ou o telefone para denúncias ao CCZ é o 156.

 

(Cristiani Azanha)