Câmara economiza R$ 635,8 mil por ano em duas licitações

A Câmara economizará R$ 635.867,04 em um ano com a contratação empresas que oferecem mão-de-obra de serviços gerais, de manutenção, auxiliar de cozinha, portaria e de limpeza. O valor é o resultado de licitação, na modalidade pregão presencial do tipo menor preço, com sessão realizada ontem e anteontem. O certame foi realizado na sala de reuniões do Prédio Anexo. 
 
As licitações foram realizadas porque a Câmara rompeu o contrato com a empresa Setta Serviços Terceirizados, que prestava os serviços terceirizados. A empresa não cumpriu o pagamento do salário de novembro do ano passado e o 13º salário dos trabalhadores que prestavam serviços na Casa. Com isso, o Legislativo contratou empresa em caráter emergencial, por três meses, para executar os serviços. E pagou os valores devidos em juízo, além de romper o contrato com a Setta e aplicar multa.
 
Dividida em dois lotes, a licitação teve dotação orçamentária de R$ 2.501.198,16 . Com o processo de disputa, que envolveu 16 empresas, o valor baixou para R$ 1.865.331,12 no período redução de 26%. “Para a administração pública, foi uma boa licitação, tivemos participação de várias empresas e conseguimos uma boa economia, que é o que nos deixa mais satisfeitos”, avalia a pregoeira Milena Dionísio, servidora do Setor de Contratos do Departamento Administrativo-Financeiro. 
 
O 1o Lote foi vencido pela empresa Plus Comércio de Serviços Integrados Eireli e chegou a uma economia de 31%. Havia a previsão orçamentária de R$ 863.691,12 e fechou em R$ 596.291,88 uma economia de R$ 267.399,24. Nesta contratação, estão incluídos os serviços de limpeza para os dois prédios da Câmara o principal, com entrada pela rua Alferes José Caetano, 834, e o Anexo, com entrada pela Rua do Rosário, 833. 
 
No 2o Lote, a Câmara poupou 23% do valor inicialmente previsto. A vencedora foi a empresa ServTec Serviços Empresariais Ltda ME. A licitação inclui os postos de portaria, auxiliar de manutenção, serviços gerais e auxiliar de cozinha. Nesta compra específica, havia disponibilidade orçamentária de R$ 1.637.507,04 ao ano, mas fechou em R$ 1.269.039,24.
 
As empresas devem assumir os contratos já a partir da próxima segunda-feira (26), e o prazo para execução dos serviços pelas empresas vencedoras da licitação é de 12 meses consecutivos e ininterruptos, contados da data de assinatura do contrato, podendo ser prorrogados pelo mesmo período.