Câmara sedia exposição de fotos feitas nos EUA

O hall do Salão Nobre Helly de Campos Melges, da Câmara de Vereadores, abriga até 23 de abril a exposição de fotografias Waiting on a Song (Esperando em uma Música), a primeira autoral do piracicabano empresário do setor de turismo Luciano Aguiar Benetton. A proposta da mostra, de acordo com o expositor, é que, através das imagens, uma trilha sonora seja criada na imaginação do visitante, possibilitando “uma viagem pelos Estados Unidos”. A entrada é gratuita.
 
 
As 30 imagens, no tamanho 45 x 30 centímetros, todas em preto e branco, destacam cenas cotidianas em locais públicos registradas por Benetton em agosto de 2017, durante uma viagem de férias, de carro, por 20 dias, que fez sozinho pelos Estados Unidos, com início em New Orleans, no sul do país, e término em Chicago, ao norte. Entre os locais percorridos estão o estado de Mississippi e a cidade de Memphis, do Tennessee. Segundo o empresário, a maioria das imagens foi registrada no delta do rio Mississipi, berço de estilos musicais como blues e jazz, sem pretensão de exposição. “Depois, olhando as fotos, eu me identifiquei. Todas elas tinham um fundo musical, por ser uma região de música afrodescendente, trazidas do blues e do jazz. Era o que eu estava buscando”, contou.
 
 
Ele explicou que há nas fotografias pessoas de forma bem próxima tocando instrumentos e paisagens em plano mais longe. “A música é algo muito forte. Se olharmos bem nas fotos, temos a sensação de ter uma trilha sonora tocando. É um ambiente alegre, ao mesmo tempo vazio, com ar de melancolia. Há o contraste da tristeza com a felicidade. Quem está olhando tem a sensação de andar nas ruas da cidade. É como se o espectador fizesse uma viagem a esse lugar”, comentou Benetton.
 
 
Em todos os retratos, clicados sem técnica específica, o piracicabano utilizou uma única lente fixa de 50 milímetros. “Não usei nem, ao menos, zoom. Quando via algo bonito, tirava uma foto. Todas as fotos foram feitas em preto e branco, por ser um gosto pessoal. Aprecio profissionais que costumam tirar fotos nessa proposta. O preto e branco deixa o sentido mais aguçado de interpretação. É possível sentir mais as emoções, não há uma cor que tire a atenção de quem está visualizando. Sou fã de fotojornalismo. É um hobby que levo a sério”, afirmou o empresário, que se dedica à fotografia há cinco anos.
 
 
SERVIÇO — Exposição Waiting on a Song, no hall do Salão Nobre Helly de Campos Melges, da Câmara de Vereadores (rua Alferes José Caetano, 834, Centro, primeiro andar do prédio principal). Visitação: até 23 de abril, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Entrada é gratuita. Informações: (19) 3403-7130.