Câmara vota projeto para pavimentação de estrada

A Câmara realiza hoje reuniões ordinárias para votar o projeto de lei 57/2018, que prevê convênio com o Governo do Estado de São Paulo para o recebimento de R$ 5 milhões, a serem usados na recuperação dos quatro quilômetros da estrada da Ceasa (antigo anel viário) — no acesso da SP 155/308, rodovia Dorival Pardi, entre o km 4 e o km 7+880 (SP-127, rodovia Cornélio Pires).
 
A possibilidade de parceria entre a prefeitura e o estado surgiu durante a visita à cidade do vice-governador, Márcio França, na sexta-feira, 23. Foi explicado a França que, há anos, a situação da estrada da Ceasa é precária, e o poder Executivo não tem recursos para a obra. Na oportunidade, o vice-governador sinalizou a ajuda do Estado e pediu o envio do projeto para conseguir repassar a verba ao município.
 
Com oito quilômetros totais de extensão, há quase quatro onde existem muitas ondulações no asfalto. Nesse trecho, a faixa que separa o fluxo de tráfego na via está apagada e, em alguns pontos, a pintura no asfalto tem sinais de desgaste. O acostamento é em terra ou grama. A movimentação de veículos nesta área é intensa, principalmente de caminhões grandes. A proposta que será apreciada pelos vereadores é de recapear e melhorar a estrada vicinal que dá acesso à Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo). “O projeto prevê, além das melhorias do leito carroçável da via, a manutenção dos acostamentos e eliminação de borrachudos (ondulações)”, informou o secretário de Obras, Vlamir Schiavuzzo. 
 
Na justificativa do projeto, enviado à Câmara na segunda-feira (26), o prefeito Barjas Negri (PSDB) lembrou que, nos últimos anos, Piracicaba passa por uma ampla expansão habitacional e industrial. “Inúmeros empreendimentos habitacionais vêm sendo implantados em todo o entorno da área periférica de nosso município, assim como também a formação de distritos e polos industriais, parque automotivo e centro tecnológico. Toda esta expansão implica em elevação do número de veículos transitando pela malha viária de nosso município e, consequentemente, em mais despesas com sua recuperação e recapeamento.”
 
Na época da visita de França à cidade, o deputado estadual Roberto Morais (PPS) — um dos fomentadores da recuperação da vicinal — destacou que esta é uma conquista importante para a cidade, bem como para outros municípios da região. “São quatro quilômetros de rodovia que geram muitos transtornos e reclamações há anos. Com esta decisão do vice-governador, os beneficiados serão os empresários e trabalhadores da Ceasa, bem como os moradores da região e das cidades de Saltinho e Rio das Pedras.”