Caminhões pipa abastecem escolas do Caic há 20 dias

As duas escolas municipais que funcionam no Caic (Centro de Atenção Integral à Criança) no bairro Eldorado utilizam água de caminhões pipa há pelo menos 20 dias. A bomba d’água que abastece as unidades Osvladir Júlio e Prof. Francisco de Almeida Kronka queimou no início do mês e, desde então, segue em manutenção. A Secretaria municipal de Educação informou ontem que o conserto fica pronto em uma semana.
 
A dona de casa Luci Benedia de Oliveira, avó de um aluno, disse que o problema está prejudicando as crianças. “Meu neto está levando duas garrafas de água pra beber todos os dias. Ontem ele me disse que o banheiro estava interditado por causa da sujeira. Na secretaria, a informação que nos dão é de que é uma bomba muito antiga não tem mais peça e, por isso, não tem previsão de prazo para o conserto”, afirmou.
 
Ainda de acordo com ela, o abastecimento com caminhões pipa não é feito diariamente. “Pelo que eu soube, a última vez que chegou lá foi na segunda-feira. Não tem como manter uma escola sem água. Toda a parte de higiene fica muito comprometida desse jeito. E nós não podemos deixar de mandar a criança para escola porque depois tem de responder no Conselho Tutelar”, completou. 
 
 
OUTRO LADO – A Secretaria de Educação negou que esteja faltando água nas duas escolas. “A bomba queimou no começo deste mês durante o processo de esgotamento de água para que fosse realizado o serviço de limpeza e higienização da caixa d’água que abastece as duas escolas, a Osvladir Júlio e Prof. Francisco de Almeida Kronka. Desde então, o abastecimento de água é feito por caminhões pipa do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto). Assim, não há falta de água nas escolas. O reparo da peça que apresentou problema já foi providenciado e o conserto deve ser concluído na semana que vem”, traz nota da assessoria da pasta.