Campanha de vacinação contra a gripe começa no dia 23 na cidade

Piracicaba inicia a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza) na próxima segunda-feira (23), com lançamento oficial às 14h, no Lar Betel, onde a vacina será aplicada pelas equipes da VE (Vigilância Epidemiológica) nos idosos atendidos pela entidade. De acordo com o Ministério da Saúde, a meta é vacinar 90% dos grupos prioritários na cidade. “Como os dados de 2018 ainda não foram informados pelo Ministério, a pasta local — com base no atendimento feito em 2017 — espera vacinar, em média, 84 mil pessoas”, informou a Secretaria Municipal da Saúde.
 
Como no ano passado, o público-alvo foi dividido em grupos prioritários, para facilitar o atendimento e reduzir filas nos postos de saúde. A prefeitura afirmou que as 71 unidades da Atenção Básica, Crabs (Centro de Referência da Atenção Básica) e UBSs (Unidade Básica de Saúde) atenderão de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, e as USFs (Unidade de Saúde da Família) das 8h às 16h. “A partir de segunda (23), podem se vacinar trabalhadores da saúde e pessoas com 60 anos ou mais e indígenas. A partir de 2 de maio, entram as crianças, gestantes e puérperas (mulheres no período de 45 dias após o parto); a partir de 9 de maio, pessoas com comorbidades, professores da rede pública e privada, além de pessoas privadas de liberdade”.
 
A gripe é uma doença que pode matar, principalmente crianças, idosos e doentes crônicos; pode predispor à pneumonia e agravar outras doenças, como enfisema pulmonar. “A vacinação é importante para que a população possa se prevenir e evitar maiores complicações, preservando assim a saúde de toda a família, principalmente nesse período do ano (outono/inverno) em que o vírus da doença está em maior circulação no país”, destacou o secretário de Saúde, Pedro Mello. 
 
Podem receber a vacina crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes e puérperas; trabalhador de Saúde e professores (público e privado); povos indígenas; indivíduos com 60 anos ou mais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; detentos e funcionários do sistema prisional; e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis. “A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores, bem como a qualquer componente da vacina”, informou.
 
 
GRIPE — A gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza, transmitida através do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar, e também por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com a boca, olhos e nariz. Provoca febre, dores no corpo e mal estar.