Campanha orienta sobre uso correto de brinquedos adaptados

O vereador André Bandeira (PSDB) realizou ontem, no Paraíso das Crianças, ao lado do Zoológico Municipal, uma campanha de conscientização para o uso correto dos brinquedos adaptados. A ação contou com a participação de Thiago Vilalta, diretor do Zoo e de mães com crianças especiais.
No encontro, o diretor do Zoo disse que os brinquedos têm sido quebrados em razão da negligência de crianças que não entendem o porquê daquele brinquedo está naquele lugar e que não está adiantando chamar a atenção dos pais. “Para a criança é algo novo, porém quando relatamos os problemas para os pais, eles xingam os servidores do parque e não aceitam que os próprios filhos estão errados. Quem perde com isso é a criança especial”, comenta Vilalta, que ressaltou que a campanha pode salvar os brinquedos do local, já que em razão de estarem danificados – pela 2ª vez – existe a possibilidade de serem retirados para não gerar mais gastos com manutenção.
Uma das soluções abordadas no encontro foi para as mães das crianças especiais realizarem um revezamento, para que cada grupo fique no local e oriente os pais e as outras crianças, principalmente aos sábados, domingos e feriados, dias em que o movimento é maior. “Essa é uma alternativa que pode ajudar bastante, porém temos que encontrar outras mães, já que o horário pode ser um obstáculo”, disse a hoteleira Regiane Momesso, mãe de uma criança com necessidade especial.
Além da fiscalização, as mães também disseram que as placas ao lado dos brinquedos podem ajudar. “Tem que colocá-la (placa) ao lado do brinquedo, mostrar como funciona, pra quem que é, igual os aparelhos de ginástica para idosos”, disse Regiane Bombo. “Deveria colocar mais brinquedos em outros pontos da cidade, já que as crianças especiais estão espalhadas pela cidade. Se todo o município tiver acesso, a integração será maior”, comentou Rosângela Pasqualin.
André Bandeira disse que a união das mães para este movimento de conscientização não ajudará apenas as crianças da cidade, mas todas que frequentam o espeço. “Há a possibilidade de instalação de cinco parques adaptados no município. Elas (mães) são fundamentais para este processo, já que é uma campanha de integração também, já que os brinquedos foram feitos para serem compartilhados com as crianças sem deficiência. Para a construção dos novos parques, essa campanha no começo é essencial”, disse o parlamentar.

Mauro Adamoli