Campanha para doação de cabelo é realizada no shopping

campanha Voluntários estão engajados nesta campanha para elevar a autoestima. (Foto: Claudinho Coradini /JP)

Solidariedade e amor. Estas palavras resumem o propósito da campanha Fios de Vida, promovida pelo HFC (Hospital dos Fornecedores de Cana)  hoje, 1º, no Shopping Piracicaba. A ação vai receber doações de cabelos que se transformarão em perucas a serem doadas a pacientes em tratamento de câncer. Toda a atividade é gratuita, das 10h às 19h, no Piso L1 próximo a Lojas Americanas. Na oportunidade, três pacientes receberão perucas.

Juliana Mazzonetto Machado, coordenadora de Projetos do HFC, lembra que todo ano o hospital promove uma campanha que remete ao Outubro Rosa e, para inovar, pensando nas pacientes que perdem o cabelo durante o tratamento de quimioterapia criou esta nova ação. “O custo da peruca é muito caro e não é todo mundo que pode comprar uma e muitas acabam ficando só no lencinho. Ai decidimos fazer uma ação social para mostrar que é possível doar o cabelo para confecção de peruca e que estas sejam doadas as mulheres que precisam. Em divulgação no hospital e nas redes sociais, muitas pessoas já colaboraram”, frisou.

Para participar, quem for ao shopping pode levar o cabelo já cortado ou fazer o corte gratuito no local do evento, com os profissionais do Salão Rene Moraes, parceiro da iniciativa. Todos os tipos de cabelo são aceitos: lisos, crespos, cacheados, com ou sem químicas. O comprimento mínimo para corte é de 20 centímetros.

As doações serão encaminhadas para o Projeto Cabelovers, idealizado pela cabeleireira Valéria Alleoni, que confecciona perucas e distribui gratuitamente para pacientes com câncer. “Dia 9 completou um ano do Cabelovers, inicialmente em parceria com a Fundação Ilumina. A entidade tinha os cabelos e me enviaram o material que tinha, aí fiz a campanha no salão e consegui dinheiro para confeccionar 70 perucas”, destacou Valéria.

A data será um momento muito importante na vida da analista de qualidade de 33 anos, Marcela Vieira, que está em tratamento quimioterápico vai receber uma das perucas nesta segunda-feira. “Quem faz o tratamento gasta muito dinheiro. Ao invés de gastar dinheiro com a peruca, a prioridade é para o tratamento e aí acabamos escolhendo o lenço que é mais em conta e também é muito bonito”, reforçou.

Com brilho no olhar e um sorriso contagiante, Marcela fez questão de enaltecer que não tem vergonha de estar careca e, animada, contou que já concluiu a primeira parte do tratamento, com quimioterapia vermelha após identificar nódulo no seio esquerdo. “Agora já estou no tratamento das brancas, que são 12 seções e esta semana já fiz a quarta. Está sendo um sucesso, graças a Deus. Futuramente vai ter que fazer a cirurgia, a radioterapia, até finalizar todo o tratamento, mas o sucesso até agora nos deixa muito animados”, completou.

A autoestima de Marcela também está “lá em cima”, como ela mesmo diz sobre “ganhar uma peruca”. “Minha irmã vai casar e eu ia de lenço. Hoje não, vou de peruca. Quem não sabe que estou em tratamento não vai nem desconfiar e, lá no álbum de fotografias da minha irmã, quando a gente for ver daqui uns cinco ou dez anos, não vai estar lá aquela carequinha. É uma força a mais para nós este tipo de ação”, afirmou.

( Felipe Poleti)