Candidatos do Enem são recebidos com abraço na região central de SP

Candidatos do Enem são recebidos com abraço na região central de SP
Fonte: Agência Brasil

Um abraço, essa era a recepção oferecida aos candidatos do Enem que chegavam pelo metrô São Joaquim, na região central paulistana, para o segundo dia de provas. A estação dá acesso à Avenida Vergueiro, que concentra diversas faculdades particulares usadas como locais para aplicação do exame.

Em uma das saídas do metrô, duas jovens seguravam um cartaz propondo o momento de carinho para aqueles que chegam ansiosos para a prova. “A gente já passou pelo vestibular e queremos dar apoio porque sabemos o quão tenso é”, explica Lídia Yoshihara, estudante de terapia ocupacional. Com 19 anos, ela conta que a proposta dos abraços é uma iniciativa do movimento que faz parte, a Aliança Bíblica Universitária.

O nervosismo é mesmo o grande obstáculo dos candidatos, na opinião de Valentina Rosito, que com 17 anos já prestou quatro vezes o exame. “Dois só para treinar”, faz questão de frisar a jovem que pretende cursar Medicina. “Eu estou mais preparada porque estou mais calma do que nos últimos anos. O nervosismo atrapalha muito”, diz a jovem que admitiu não ter tido muito tempo para estudar ao longo do último ano. “Eu trabalho seis horas por dia e não tinha dinheiro para fazer cursinho”, contou a respeito das dificuldades que vem enfrentando.

Com 26 anos, Alexandre Souza quer entrar de novo na faculdade. Ele chegou a passar no curso de Ciência e Tecnologia e estudar em Porto Alegre (RS), mas teve que voltar a São Paulo e abandonar as aulas. “Tá muito alta, não”, disse, tranquilo, sobre as expectativas para o segundo dia de provas. No primeiro dia, ele acredita que teve melhor desempenho escrevendo. “Na redação fui melhor” enfatizou.

Candidatos do Enem são recebidos com abraço na região central de SP