Candidatos fazem prova da primeira fase da Fuvest neste domingo

Candidatos fazem prova da primeira fase da Fuvest neste domingo
Fonte: Agência Brasil

Os 127.786 inscritos, incluindo treineiros, fazem hoje (25) a prova da primeira fase do vestibular da Universidade de São Paulo (USP), realizado pela Fuvest, em 35 locais no estado de São Paulo. Estão sendo disputadas 8.362 vagas distribuídas em 183 cursos de graduação para o ano de 2019. Outras 2.785 vagas são oferecidas via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC). O processo de ingresso por esse sistema é administrado pela Pró-Reitoria de Graduação da USP.

Os portões foram abertos às 12h30 e o fechamento ocorreu às 13 horas. A prova tem cinco horas de duração e os candidatos podem se retirar do local a partir das 17h. A prova é composta de 90 questões, sendo algumas interdisciplinares, e abordará as seguintes disciplinas do núcleo comum obrigatório do Ensino Médio: biologia, física, geografia, história, inglês, matemática, português e química. Todas as questões são do tipo múltipla escolha, com cinco alternativas, das quais apenas uma é correta.

A estudante Luísa Carolina Goulart, 19, moradora do bairro da Vila Maria, na capital paulista, presta o vestibular para o curso de Jornalismo pela segunda vez. Neste ano, ela disse estar mais confiante por ter se dedicado aos estudos em um cursinho. “Eu escolhi esse curso porque é uma mistura do que eu gosto. Eu gosto muito de linguagens e gosto muito que eu possa usar minha criatividade. Prestei no ano passado, quando terminei o ensino médio. Agora espero que eu consiga, estou um pouco nervosa porque neste ano teve toda a mudança da Fuvest, então estou sem base [de prova para estudar], isso está me deixando bem nervosa, mas a expectativa é que eu consiga. Estou bem mais confiante do que no ano passado”.

Uma das mudanças do vestibular deste ano foi para as provas da segunda fase, em que haverá apenas dois dias de prova, eliminando a tradicional prova de conhecimentos gerais. Até o ano passado, eram três dias de prova durante a segunda fase.

A partir deste ano, todos os candidatos farão apenas duas provas na segunda fase: a de português e redação, que continuam iguais aos vestibulares anteriores, e a de disciplinas específicas, que são aquelas exigidas pela carreira escolhida. Na prova específica, o número de disciplinas requeridas passou de duas a três para duas a quatro, a critério de cada unidade da USP.

O candidato ao curso de geografia, Pedro Augusto Cunha Campos, 18, morador da Vila Guilherme, está prestando o vestibular da Fuvest pela segunda vez e, por isso, o sentimento é de maior pressão para ser aprovado e acredita que as mudanças na segunda fase vão proporcionar uma avaliação mais minuciosa no curso em que está prestando. “A Fuvest é difícil sempre, mas acho que vai ser uma prova mais tranquila porque minha nota de corte não é muito alta, então estou bem tranquilo. Em relação à segunda fase, eu achei que está selecionando bem mais, quem tem mais conteúdo específico vai se dar melhor. Por exemplo, meu curso tem só duas [disciplinas] específicas agora, então são seis questões [cada]. Isso abre muito o leque para a banca cobrar o que ela quiser”, disse.

Até o ano passado, havia um terceiro dia de prova, em que os estudantes respondiam questões de conhecimentos gerais. “Não tem mais o dia [de prova] só de questões gerais. Eu me dou bem em biologia, por exemplo, mas não tem mais biologia na [prova] específica [da segunda fase] então vai ser um pouco ruim para mim. Mas de resto achei bem tranquilo”, explicou.

Outra novidade do vestibular da Fuvest, neste ano, é a inscrição por modalidade de vagas. Os candidatos puderam escolher uma das 106 carreiras disponíveis e optar por concorrer pelas modalidades de Ampla Concorrência (sem exigência de nenhum pré-requisito), Escola Pública (que independente da renda, tenha cursado o ensino médio em escola pública) ou Escola Pública PPI (autodeclarados pretos, pardos e indígenas que, independente da renda, tenha cursado o ensino médio em escola pública).

Do total de vagas oferecidas pela Fuvest, 6.132 serão reservadas para candidatos na modalidade ampla concorrência; 1.471 vagas para candidatos de escolas públicas; e 759 para pretos, pardos e indígenas.

As três carreiras mais concorridas no vestibular da Fuvest neste ano são de Medicina: São Paulo (115,2), Ribeirão Preto (108,7) e Bauru (86,9). Em seguida aparecem Psicologia (61,8), Relações Internacionais (51,5), Curso Superior do Audiovisual (47,2), Medicina Veterinária (41,8), Psicologia – Ribeirão Preto (41,1), Design (32,4), Ciências Biomédicas (32,4), Publicidade e Propaganda (29,6), Jornalismo (28,5), Arquitetura – FAU (27,6), Artes Visuais (27,4), Direito (25,8).

Candidatos fazem prova da primeira fase da Fuvest neste domingo