sábado, 20 de setembro de 2014
  

Juíza rejeita pedido de liminar que ameaçava obras no Itaquerão

Eduardo Ohata/ Folhapress
terça-feira, 29 de maio de 2012 20h17

A+  |  A-     
ENVIAR      IMPRIMIR          
A juíza Lais Helena do Amaral, da 2ª Vara da Fazenda Pública, rejeitou pedido de liminar feito pelo promotor Marcelo Milani, que previa multa de R$ 1,7 bilhão por suposta improbidade administrativa ligada ao futuro estádio corintiano, cujas obras completam hoje um ano.
O promotor questionava a concessão de incentivos fiscais e isenções tributárias.
A juíza argumenta que os benefícios concedidos são similares aos viabilizados em outros estados, onde há estádios que receberão jogos da Copa-14.
Ela também aponta para as vantagens que resultarão em prol da população.
 
 



 Copyright © 1995-2012
 Fundado em 4 de agosto de 1900
 Trabalhe Conosco






Assine o Jornal de Piracicaba: 19 3428 4190
Balcão Pequenos Anúncios: 19 3428 4140