sexta-feira, 28 de novembro de 2014
  

Três são presos após ‘golpe do colchão’

Ignácio Garcia Jr.
quinta-feira, 29 de agosto de 2013 12h4

A+  |  A-     
ENVIAR      IMPRIMIR          
Foto: Arquivo/JP

Três suspeitos de estelionato foram presos em flagrante enquanto tentavam aplicar o golpe da venda do colchão magnético em um aposentado de 77 anos, no Centro de Capivari, às 11h25 de terça-feira (27/08). O primeiro indiciado, o porteiro Reinaldo Rosendo dos Santos, 41, foi abordado pela polícia dentro de uma agência do Banco do Brasil no instante em que a vítima tentava sacar R$ 2.913,00 para entregar a ele. Funcionários do banco suspeitaram da transação e retiveram o dinheiro até a chegada da polícia. A vítima teria um prejuízo estimado em R$ 8.673,00, já que ainda pagaria um carnê com pelo menos 48 parcelas de R$ 120. Segundo a Polícia Civil, ao menos 15 vítimas reconheceram o trio.

As vendedoras Cláudia Pereira, 38, e Regina Dias de Jesus, 47, foram presas momentos depois. Elas aguardavam Santos do lado de fora da agência, em um Chevrolet Corsa Sedan Premium branco, ano 2010, de Campinas. Elas fugiram ao perceber a movimentação da polícia, mas foram interceptadas pela Guarda Municipal no cruzamento das ruas Regente Feijó e Bento Dias. A dupla alegou que trabalhava com venda de colchões e que o gerente de vendas (Santos) estava no interior do banco. As suspeitas não explicaram o motivo pelo qual saíram da frente da agência. Cláudia mora em Campinas e Regina em Hortolândia. Santos é de Monte Mor.

Dentro do veículo foram apreendidos pelo menos 28 pedidos em nomes de terceiros — possíveis vítimas —, três blocos de pedidos e dois talões de promissórias, todos em branco e já começados. Uma ficha cadastral do Banrisul (Banco do Rio Grande do Sul), em branco e com a assinatura do aposentado, formulários e fotocópias de documentos pessoais dele. Havia ainda duas máquinas de cartão de crédito, um aparelho digital com a identificação do Banco Itaú, um notebook, um CD com a inscrição impressão e uma calculadora.

Também foram encontrados um pequeno caderno com anotações diversas, um carnê para pagamento em nome de uma mulher, três recibos em branco, outro bloco com os dizeres “bom para depositar ou sacar”, 48 cartões de empresas e nomes diversos, três pastas com vários papéis, cinco celulares e quatro camisetas — três brancas e uma preta.

O Corsa foi apreendido e recolhido ao pátio da 99ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) de Capivari. O dinheiro sacado pela vítima, bem como o comprovante do saque e demais objetos de interesse probatório. Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar e da Guarda Municipal de Capivari resultou na prisão dos indiciados. O trio foi levado para a Delegacia de Capivari, onde a delegada Cristina de Fátima Tomazin Morais o atuou por tentativa de estelionato. Os dados constam nos Boletins de Ocorrência números 1.882/2013 e 1.886/2013.



Leia a íntegra da reportagem na edição impressa do JP ou no JP Virtual
 



 Copyright © 1995-2012
 Fundado em 4 de agosto de 1900
 Trabalhe Conosco






Assine o Jornal de Piracicaba: 19 3428 4190
Balcão Pequenos Anúncios: 19 3428 4140