Capinação se restringe as ruas apontadas por reportagem do JP

Mato Alto ainda é alvo de reclamações no bairro Mário Dedini (Crédito: Amanda Vieira/JP)

Após a publicação da matéria de reclamação de mato alto em ruas do Mário Dedini, equipes da Sedema (Secretaria de Defesa do Meio Ambiente) foram até o bairro e providenciaram a capinação e limpeza das áreas. O detalhe é que a manutenção foi feita apenas nas ruas citadas pela reportagem, a partir das queixas da presidente da Associação de Moradores do Mario Dedini, Juliana Caroline Sabiá de Brito.

Ontem, ela informou que ao menos oito ruas ficaram sem capinação e continuam com vegetação alta. Segundo ela, as ruas 1, 2 e 3, mais as ruas Josaphat Gomes de Oliveira, Antonio Franco de Lima, Francisca Tejero Barbosa, Nair Azi Pita e Dr. Argemiro Frota e a avenida Luiz Ralph Benatti, continuam sem manutenção.

Na semana passada Juliana disse que foram feitos vários pedidos de limpeza das áreas públicas de maneira geral. Entre os principais pontos, ela citou a avenida Olga Pagotto Santiago, que estava tomada pelo mato em toda a extensão. Essa via, segundo ela, recebeu serviço de capinação e limpeza.

De acordo com a presidente da associação de moradores, devido a falta de manutenção no bairro, um grupo de 35 moradores – incluindo homens, mulheres e crianças, chegou a fazer limpeza e capinação de alguns pontos onde a situação estava mais preocupante.

Questionada ontem sobre a manutenção restrita a algumas ruas, a Sedema informou que, a princípio, foram feitos os principais corredores do bairro e em seguida os pontos onde há parques e academias ao ar livre e outras áreas de lazer.

Segundo a pasta, a manutenção do bairro Mario Dedini está na programação e será feita até o final deste mês de janeiro. As equipes atuam na região 9, da qual o bairro faz parte.

 

Beto Silva

[email protected]