Característica do padre é de pastoreio, diz fiel

“A principal característica do padre?”, repete a pergunta o aposentado Amadeu Provenzano, 71, que mora na rua Cardeal Arcoverde, na Vila Rezende. Ele pensa um pouco para, em seguida, responder com uma única palavra: “pastoreio”. Frequentador assíduo da paróquia, desde a sua criação, em 1974 — a instalação, porém, só ocorreu em junho de 1996 — o aposentado conhece como poucos a história do local. Desde então, Provenzano acompanhou o trabalho de diversos padres que celebraram missa no Santuário e considerou que cada um tem um jeito de trabalhar, mas o padre Edvaldo, segundo ele, conquistou tantos fieis pela sua capacidade de arrebanhar. “Têm padres que apenas cumprem seu ministério. O padre Edvaldo se caracteriza pelo pastoreio”, disse.
 
“O legado que o padre Edvaldo nos deixa é ter nos mostrado o Amor de Deus. O padre do dom da Palavra. Uma década se passou. Muito obrigada por ter me apresentado esse Jesus, por quem ele é apaixonado. Na certeza de que ficará cravado como o Padre que mais falou do Amor”, declarou Nilva Morais.
 
 
 
REDES SOCIAIS — A página do Santuário Nossa Senhora dos Prazeres no Facebook está repleta de depoimentos de fieis que acompanham de perto o trabalho do padre Edvaldo. Os relatos tratam de assuntos diversos, mas cada um com a importante participação do padre, seja com uma palavra de fé ou com uma benção.
 
“Eu moro em Botucatu, sempre vou a Piracicaba para visitar minha irmã e sempre participo das missas. Já tive a oportunidade de ir em todos os dias e horários, e posso dizer que amo. Nunca saio do mesmo jeito que entro. O padre Edvaldo é um ser enviado por Deus, com a missão de transformar as pessoas e tocar o coração delas. Eu sou uma pessoa transformada através do padre e pelo amor de Deus. Obrigada, Santuário Nossa Senhora dos Prazeres”, diz a religiosa Fábia Morandim.
 
“Padre Edvaldo: continue com seu dom de pavimentar o caminho do Deus, do amor e da infinita misericórdia. Não deixe que outros, que preferem colocar placas de desvios e de outras placas de advertência sobre o amor de Deus, lhe esmoreça! Afinal, cada um com seus dons”, publicou Sergio Antonio Hyppolito.
 
“Para mim a gratidão será eterna. Através das mãos do padre Edvaldo, Deus operou um milagre vivo em minha vida: minha filha Vitória. Fiz tratamento por vários anos e não engravidava; bastou uma benção do maravilhoso, ímpar, anjo de Deus Padre Edvaldo… engravidei aos 45 anos. Vai com Deus, padre Edvaldo, falará a outras pessoas de seu amor por Jesus”, disse Cristina Bonassi.
 
Esses são alguns dos vários depoimentos na página do Santuário na rede social. Os fiéis, seguidores, religiosos, sentirão saudade, mas entenderão que, como a missão é de pastoreio, de semear a palavra de Deus, chegou a hora do padre encontrar novos rebanhos. A despedida de Piracicaba acontece hoje, em missa às 18h, no Santuário que, durante anos, foi lar de muita devoção.