,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Todos os presidentes que ganharam filmes no País
  • Retrospectiva de Rodrigo Andrade está entre as dicas de exposições da semana
  • Ocimar Versolato morre aos 56 anos em São Paulo

Cartas do leitor - 01/12/2017
Da redação
01/12/2017 14h48
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Suicídio do PSDB!
 
Não é de hoje que o PSDB perdeu sua identidade e, agora, ao darem as costas para a Reforma da Previdência, será o tiro de misericórdia. Quem já morou no interior deve ter visto que uma galinha na beira da estrada, quando um carro se aproxima, em vez dela correr para o mato, corre para atravessar a estrada, sendo atropelada instantaneamente. Fica um aviso ao PSDB: o carro já está se aproximando. Vão correr para o mato, se safando da morte iminente, ou atravessarão a estrada para serem atropelados? Quando apoiam a continuidade de privilégios do funcionalismo, que causará R$ 109 bi de rombo na Previdência, em detrimento das regras estabelecidas aos resto dos trabalhadores brasileiros, é suicídio político na certa. Com muita estrela para tão pouco céu, cada um correndo em trajeto de colisão, o PSDB sumirá do mapa. Se pelo menos nos últimos anos em que não conseguiram chegar à presidência, tivessem aprendido com o PT que, sabem ser unidos na alegria ou tristeza, mas “unidos”!
Beatriz Campos, escritora
 
Imposto Sindical
 
Abençoado fim do Imposto Sindical, mantenedor de uma laia de pelegos acostumados numa boa vida a custa do suor dos trabalhadores que, além de não produzirem nada de bom para a classe trabalhadora, ainda usavam esse enorme recurso para financiar políticos corruptos, manifestações com bandidos destruidores do patrimônio público e privado e enriquecer milhares de pelegos deitados em berço esplêndido. Isso acabou, espero que nunca mais volte e a maioria dos pelegos terão que ir procurar empregos a quem lhes aceitarem.
Benone Augusto de Paiva, contador aposentado
 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar